Mundo Kim Jong-un: "O botão nuclear continua na minha secretária"

Kim Jong-un: "O botão nuclear continua na minha secretária"

O líder Kim Jong-un anunciou hoje, no discurso anual à nação, que a Coreia do Norte completou o programa nuclear em 2017 e os Estados Unidos devem reconhecer esta realidade.
Kim Jong-un: "O botão nuclear continua na minha secretária"
KCNA via REUTERS
Lusa 01 de janeiro de 2018 às 12:42

Os Estados Unidos devem estar cientes de que as armas nucleares do país são agora uma realidade e não uma ameaça, sublinhou o "número um" norte-coreano na mensagem de Ano Novo.

"O botão nuclear continua na minha secretária. Não se trata de uma chantagem, mas da realidade", declarou Kim Jong-un, repetindo que a Coreia do Norte era, a partir de agora, uma potência nuclear e capaz de alcançar todo o território dos Estados Unidos.


O líder norte-coreano declarou que o país deve aumentar a produção de ogivas nucleares e de mísseis e "acelerar o seu posicionamento".




pub