Política Le Pen oferece jantar privado em troca de 75 mil euros

Le Pen oferece jantar privado em troca de 75 mil euros

Com as legislativas à porta e sem financiamento prévio do Estado ou da banca, a Frente Nacional promete remunerar com juros de 3% os empréstimos dos seus apoiantes. Mas há "vantagens exclusivas" para os que emprestarem mais.
Le Pen oferece jantar privado em troca de 75 mil euros
Reuters
Paulo Zacarias Gomes 01 de junho de 2017 às 16:18

A candidata da Frente Nacional francesa, derrotada nas presidenciais pelo centrista Emmanuel Macron, está à procura de financiamento para a campanha dos candidatos às legislativas a 11 e 18 de Junho e promete "vantagens exclusivas" para os financiadores mais afortunados.

Entre elas, e de acordo com o valor que for emprestado à campanha, está a possibilidade de participar num evento em que Marine Le Pen estará presente ou mesmo de jantar em privado com a agora candidata às legislativas na região de Pas-de-Calais.

As necessidades de financiamento da Frente Nacional levaram o partido a criar um site dedicado a esta tarefa – Emprunt Patriotique, ou empréstimo patriótico. Os argumentos estão num vídeo da candidata: o sistema favorece os partidos do "establishment", os bancos "não jogam o jogo da democracia, não emprestam à Frente Nacional", "o sistema pensa que, ao privar-nos dos meios financeiros, vai travar a nossa acção".

O discurso é de Marine Le Pen, num vídeo em que lança o apelo aos financiadores e oferece, em troca, além das "vantagens exclusivas": juros de 3% ao fim de 12 meses, uma "remuneração excepcional para uma aplicação sem risco". 

"As vossas poupanças são um exército que dorme!", apela aos apoiantes, prometendo com o dinheiro arrecadado levar "as vossas ideias à vitória". A Frente Nacional compara, no site, os 3% oferecidos com as taxas da banca, "entre 0,1% e 1%".

Remuneração garantida com subvenção estatal

O valor dos empréstimos arranca nos 1.500 euros. Além da "taxa muito atractiva", cada financiador receberá uma carta de agradecimento assinada pelo punho de Marine Le Pen, bem como um certificado individual que "testemunha  o reconhecimento da Frente Nacional."

Se o apoiante contribuir com mais de 15 mil euros, será convidado para um "acontecimento de prestígio" na presença de Le Pen. "Os compatriotas mais afortunados, que possam emprestar mais de 75 mil euros, terão a oportunidade excepcional de encontrar pessoalmente Marine Le Pen no âmbito de um jantar privado," lê-se no site.

A remuneração dos financiadores será feita recorrendo à subvenção estatal para despesas que é concedida a cada um dos candidatos que tenha obtido pelo menos 5% dos votos nas suas circunscrições. Como o partido diz que é pouco provável que os seus  candidatos tenham um resultado eleitoral inferior a 5% e as despesas dos candidatos serão inferiores ao valor que o Estado pagará a posteriori, a Frente Nacional acredita que o valor sobrante permitirá remunerar os financiadores com os tais 3% de juros.

Marine Le Pen perdeu as eleições presidenciais francesas à segunda volta, a 7 de Maio passado, obtendo 33,9% dos votos. Esta terça-feira, uma sondagem da Ipsos/Sopra Steria coloca o partido République en Marche, de Emmanuel Macron, próximo de conquistar a maioria do parlamento com 29,5% dos votos, seguido do Les Républicains (22%), enquanto a Frente Nacional surge em terceiro, com 18% das intenções de voto.




A sua opinião10
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Criador de Touros 01.06.2017

Eu levava-lhe umas paletes com 75.000 morcelas de touro fumegantes, que ela poderia depois esfregar no lombo e nas fúcias a ver se ficava tão bonita como a sobrinha !!; )

Será 01.06.2017

Um jantar à luz das velas?

Anónimo 01.06.2017

Ela nem é muito careira, comparando com os milhões que Obama, Blair e Barroso levam para participar numa simples conferência...

Olharapo 01.06.2017

Tudo Incluído ?
Quantos pratos de degustação ?

ver mais comentários
pub