Saúde Legionella: Número de casos sobe para 19, três pessoas nos cuidados intensivos

Legionella: Número de casos sobe para 19, três pessoas nos cuidados intensivos

O número de casos de doença dos legionários detectados no Hospital de São Francisco Xavier, em Lisboa, subiu para 19, com três infectados nos cuidados intensivos, indica um boletim epidemiológico actualizado da Direção-geral de Saúde.
Legionella: Número de casos sobe para 19, três pessoas nos cuidados intensivos
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 04 de novembro de 2017 às 22:22

De acordo com o boletim, os 19 casos incluem 12 pessoas com idades entre os 70 e os 89 anos, quatro pessoas dos 50 aos 69, duas pessoas com mais de 90 anos e uma pessoa com 44 anos, funcionário do próprio hospital São Francisco Xavier.

Em conferência de imprensa às 18:00 deste sábado, 4 de Novembro, a directora-geral de Saúde, Graça Freitas, tinha dado conta de 18 casos detetados no São Francisco Xavier desde o dia 31 de Outubro.

Graça Freitas admitiu, no entanto, que este número poderia aumentar, tendo em conta o período de incubação de dez dias da doença e o facto de as medidas de contenção terem sido tomadas depois de conhecidos os primeiros casos.


"Podem [aumentar] por uma razão muito simples. O período de incubação - em que a pessoa teve contacto com o micro-organismo, o vírus ou uma bactéria, mas que ainda não tem sintomas - no caso da doença dos legionários pode ir até 10 dias. Não é frequente, mas pode acontecer. As medidas que foram tomadas farão efeito daqui para a frente, mas obviamente que não actuam retrospectivamente", disse Graça Freitas.


A DGS sublinha que "a doença se transmite através da inalação de aerossóis contaminados com a bactéria e não através da ingestão de água. A infecção, apesar de poder ser grave, tem tratamento efectivo".




pub