Saúde Linha Saúde 24 custa ao Estado 12 euros por chamada

Linha Saúde 24 custa ao Estado 12 euros por chamada

O bastonário da Ordem dos Médicos disse, em entrevista ao Jornal de Notícias desta quinta-feira 18 de Janeiro, que “a linha não é barata”.
Linha Saúde 24 custa ao Estado 12 euros por chamada
Negócios 18 de janeiro de 2017 às 09:20

José Manuel Silva, bastonário da Ordem dos Médicos, deixou algumas críticas à linha Saúde 24, que permite aos utentes aconselhamento médico telefónico. Para o responsável, o serviço "só pode evitar a situações absolutamente banais".


O responsável, que está perto do final do mandato, avisou que a linha "não é barata, o atendimento de um telefone custa 12 euros, é superior ao valor hora de um médico, e se resolverem o problema do doente custa 16 euros. Não brinquemos com coisas sérias. Aquilo é uma caixa registadora".


Para José Manuel Silva, a Saúde 24 deve terminar "quando todos os portugueses tiverem médico de família. Quando foi criada justificou-se, porque havia dois milhões de utentes sem médico, agora vai deixar de se justificar", referiu.


O bastonário garantiu ainda que o modelo de organização de saúde que existe em Portugal "é dos melhores do mundo, na relação qualidade, acessibilidade e custo per capita".  

O Governo, através da Direcção-Geral de Saúde, vai gastar 30 milhões de euros, até 2020, no Centro de Atendimento do Serviço Nacional de Saúde, segundo um diploma publicado em Diário da República, em Agosto.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 5 dias


A ladroagem de esquerda

PS - BE - PCP - e seus votantes - DEIXAM MORRER OS DOENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO AOS FP:

- PS aumenta despesa com os salários dos ladrões FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz o horário dos ladrões FP para 35 horas;

- PS corta o orçamento dos Hospitais Públicos.

comentários mais recentes
TinyTino Há 4 dias

Este indivíduo não sabe, claramente, do que fala. E os jornalistas que o publicam também não têm conhecimentos para o contradizer...

Anónimo Há 4 dias

Este senhor em fim de manto tem mandado calinadas: à dias atrás dizia que a reposição das 35 h na FP era o fim da picada em custos... Sim tem custos significativos, mas não falou do acordo que os seus comparsas fizeram com o ministerio em que subiram 500 € de salário base para passarem para as 40 h.

Fernando Há 4 dias

Mas onde é que está a notícia? Doze euros por chamada? Por um serviço de atendimento e seguimento 24x7? Quanto é que custaria, ao paciente e ao estado, se tivesse que ir ao centro de saúde ou ao hospital? O escândalo aqui é a falta de visão do médico, que não vê o valor da linha para os pacientes.

Linha Saúde Há 5 dias

Linha de Saúde 24 que nem sabe o horário das valências das unidades do SNS....

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub