Rendas Maioria das rendas antigas não foi actualizada
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Maioria das rendas antigas não foi actualizada

Seja por inércia, seja por desconhecimento ou seja porque decidiram não o fazer, muitos proprietários ainda mantêm rendas antigas e de valores baixos. Quatro anos depois da entrada em vigor da lei das rendas, as novas alterações na calha lançam de novo a polémica.
Maioria das rendas antigas não foi actualizada
Bruno Simão/Negócios
Filomena Lança 11 de Novembro de 2016 às 00:01

Os proprietários garantem que sim e os inquilinos admitem que assim é: passados quatro anos sobre a entrada em vigor da reforma do arrendamento urbano, continua a haver um número significativo de contratos antigos que nunca foram

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
alcpf Há 3 semanas

Johnny podes sempre pedir dinheiro ao banco e construir uma casa! Aí verás se é assim tão bom ser senhorio! Já sorte tiveste tu estar nessa casa 35 anos com uma lei de rendas pirata!

Anónimo Há 3 semanas

Para o Sr que se queixa. Interessante pensar que tendo em conta os limites previstos na lei, para ter essa renda de 600€ quer dizer que vivia numa casa com VPT de 430k€ e o seu rendimento são cerca de 2400€/mês. A noção de justiça e injustiça é realmente muito interessante num País Comunista.

Anónimo Há 3 semanas

Realmente é uma pena já não viver por conta do Senhorio! Sacar assim 400€ por mês a alguém é muito simpático, mas talvez não seja muito justo para o infeliz que teve azar de arrendar a casa há 35 anos. Grande povo este que acha injusto já não viver à conta de terceiros... grande futuro lhe auguro.

Johnny Há 3 semanas

Então eu tive mesmo azar e a lei foi feita para mim
porque na semana seguinte a sair a lei recebi logo a carta a aumentar-me a renda de 200 para 600
2 meses de pois estava a viver no meio da rua ao fim de 35 anos na mesma casa (onde nasci)
só não MATO o passos coelho porque sou um cobarde

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub