Segurança Social Mais de 260 mil pessoas receberam o Rendimento Social de Inserção em Dezembro

Mais de 260 mil pessoas receberam o Rendimento Social de Inserção em Dezembro

Em termos de distribuição geográfica, o distrito do Porto continua a ser o que tem mais beneficiários do RSI, 62.466, logo seguido de Lisboa (36.581) e de Setúbal (18.640).
Mais de 260 mil pessoas receberam o Rendimento Social de Inserção em Dezembro
Bloomberg
Lusa 20 de janeiro de 2017 às 17:55
Mais de 260 mil pessoas receberam o Rendimento Social de Inserção em Dezembro, segundo dados da Segurança Social, tendo aumentado não só os beneficiários, mas também as famílias que recebem esta prestação social.

De acordo com os dados mais recentes do Instituto da Segurança Social (ISS), actualizados a 1 de Janeiro de 2017, em Dezembro do ano passado havia 216.061 beneficiários do RSI, mais 2.322 (1,08%) do que no mês de Novembro e mais 7.893 (3,79%) do que em Dezembro de 2015.

Em termos de distribuição geográfica, o distrito do Porto continua a ser o que tem mais beneficiários do RSI, 62.466, logo seguido de Lisboa (36.581) e de Setúbal (18.640).

Já no que diz respeito às famílias, no mês de Dezembro houve 96.906 beneficiárias, mais 681 do que no mês anterior e mais 2.225 do que no período homólogo.

Também aqui a distribuição geográfica faz-se da mesma forma, com uma prevalência entre os distritos do Porto (28.628), Lisboa (16.541) e Setúbal (8.390).

O valor médio mensal teve pouca oscilação entre os meses de Novembro e Dezembro, no que diz respeito aos beneficiários, estando nos 111,07 depois de ter estado nos 111,32 euros.

O mesmo aconteceu com o valor médio que as famílias receberam que passou de 252,70 euros em Novembro para 252,21 euros em Dezembro.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 dia

Quem os entender que os comprem:de manha vem todos hippertenso incluido dizer q 2016 foi o melhor em 40 anos,de tarde dizem q cada vez sao mais pessoas de mao estendida.A lider do cds teve a palavra certa para o capitao da gerigonca:ALBRABAO.O fato q nao passou do alinhabado ja rebenta pela costuras

pub
pub
pub
pub