Finanças Públicas Mais um ponto nos juros somaria quase 7% do PIB à dívida pública
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Mais um ponto nos juros somaria quase 7% do PIB à dívida pública

Uma subida de um ponto percentual nas taxas de juro de curto e longo prazo somaria quase sete pontos de PIB à dívida de 2027. É o terceiro mais valor da UE e eliminaria o esforço de redução de dívida previsto para Portugal entre 2016 e 2018.
Mais um ponto nos juros somaria quase 7% do PIB à dívida pública
Miguel Baltazar/Negócios
Rui Peres Jorge 13 de novembro de 2017 às 22:30

Num momento em que se vislumbram alterações na política monetária do BCE no próximo ano, e em que subidas de juros são dadas como certas em 2019, os governos da Zona Euro começam a fazer as contas a

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado JCG Há 4 dias

Se calhar, o escrevinhador até tropeçou nos algarismos. Se escrevesse 0,7%, já a bacorada não seria tão escandalosa. Quando a coisa mete muitos zeros é tropeção que é mato. De facto, o pessoal anda com uma relação muito negativa com a aritmética. Entretanto, mais uma greve de professores é o que é preciso...

comentários mais recentes
JCG Há 3 dias

Que jornalismo de sarjeta! Note-se, no título escreveu: "Mais um ponto nos juros somaria quase 7% do PIB à dívida pública"; no subtítulo acrescentou: ",,,, à dívida de 2027". Quem lê o título, naturalmente é induzido a pensar num impacto imediato na divida. No subtítulo, dá a entender que afinal esse impacto seria o acumulado na dívida para daqui a 10 anos. das 2, 1: ou o tipo é um néscio com a mania que é esperto e põe-se com umas operações enroladas para fazer crer que é um ás ou, então, há um propósito objectivo em confundir os leitores e gerar dramatismo, eventualmente estando o tipo ao serviço de interesses obscuros. Uma coisa é certa: isto não tem nada a ver com jornalismo competente e sério.

Anónimo Há 4 dias

Está bem mas se os juros aumentarem a culpa não é do Costa é da conjuntura internacional. Quanto à divida, é necessária para fazer face aos custos.

o GRANDE OLHARAC : o guru do BCP Há 4 dias




ATÉ ao fim deste ano 2017 a PHAROL vai - se aproximar dos 0.10 ao passo que o MILENIUM BCP vai - se aproximar dos 0.50

JCG Há 4 dias

Se calhar, o escrevinhador até tropeçou nos algarismos. Se escrevesse 0,7%, já a bacorada não seria tão escandalosa. Quando a coisa mete muitos zeros é tropeção que é mato. De facto, o pessoal anda com uma relação muito negativa com a aritmética. Entretanto, mais uma greve de professores é o que é preciso...

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub