Emprego Mapa: Como o desemprego está a descer mais rápido em Portugal do que na Zona Euro

Mapa: Como o desemprego está a descer mais rápido em Portugal do que na Zona Euro

A taxa de desemprego em Portugal já se situa abaixo da média da Zona Euro.  
Nuno Carregueiro 05 de outubro de 2017 às 16:10

A taxa de desemprego na Zona Euro, em Agosto de 2016, situava-se em 9,9%. 12 meses depois desceu oito décimas, para 9,1%. Trata-se do valor mais baixo desde Fevereiro de 2009.

 

Em Portugal a descida do desemprego foi mais acentuada. Em Agosto de 2016 a taxa estava nos 10,9% e em Agosto deste ano baixou para 8,9%. Uma queda de dois pontos percentuais que é uma das mais elevadas na Zona Euro e que deixa a taxa em Portugal abaixo da média da região.

 

Apenas nos países onde a taxa de desemprego ainda tem dois dígitos (Chipre, Grécia e Espanha) a taxa de desemprego desceu de forma mas rápida do que em Portugal.

 

Estes dados foram divulgados pelo INE e Eurostat na semana passada e o Negócios mostra-os agora em mapa, onde é bem perceptível como Portugal saiu já da zona vermelha do desemprego na Europa.

 

 




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ZédaAustralia Há 1 semana

Ah pois muito bonito para "ingles ver"...e tambem foram considerados os que estao com trabalhos temporarios/recibo verde/apenas umas horas por semana/emigrantes que foram a' procura de uma vida com dignidade? A continuar este criterio da treta em breve vamos ter o desemprego mais baixo da Europa!

E estão todos a contabilizar da mesma forma? Há 2 semanas

Seria interessante que o Negócios apresentasse este tema em duas vertentes:
1- Como é apurado em Portugal o número efectivo de desempregados. Objectivo: - Dar a conhecer os critérios, e contribuir para esclarecer um tema que continua pouco claro.
2 - Como compara o método português com outros.

surpreso Há 2 semanas

Esqueceste que são empregos temporários ,com salários "inconfessáves"

Jorge Há 2 semanas

Falam do desemprego Zona Euro, mas colocam um mapa com vários países que estão fora do Euro: Roménia, Bulgária, Croácia, Islãndia, e Suécia.
Pelo contrário, deixaram de fora 2 países que estão na zona euro: Grécia, e Estónia. E ainda um país com moeda própria indexada ao Euro: Dinamarca.
Corrijam.

ver mais comentários
pub