Conjuntura Mapa: Portugal cresce mais que vizinhos europeus

Mapa: Portugal cresce mais que vizinhos europeus

Veja no Mapa do Negócios como o crescimento do PIB em Portugal compara com os outros países europeus.
Nuno Carregueiro 08 de junho de 2017 às 19:52

A divulgação, por parte do Eurostat, dos números do crescimento do PIB dos vários países europeus permite ilustrar como a economia portuguesa registou um bom desempenho, sobretudo se comparada com os países mais próximos.

 

O crescimento de 1% face aos três meses anteriores só foi superado pelos países do Norte e do Leste da Europa, como é visível no mapa em cima, elaborado com base nos dados publicados esta quinta-feira pelo Eurostat.

 

Espanha, França, Itália e mesmo todos os países do centro europeu registaram taxas de crescimento em cadeia abaixo de 0,8%. No mapa em cima, ao arrastar o cursor da parte inferior da legenda que está à esquerda, para 0,8%, Portugal fica isolado no lote de países com um crescimento superior. Para ver a evolução em cada país nos últimos trimestres, seleccione no mapa

 

Para encontrar países com taxas de crescimento do PIB acima do obtido por Portugal só no Norte e no Leste da Europa.  

 

Portugal conseguiu um desempenho superior à média da Zona Euro e o quinto melhor registo entre os países da região (os números da Irlanda e Luxemburgo, economias que têm apresentado um forte desempenho, ainda não são conhecidos).

 

A Letónia foi o país da Zona Euro com o melhor desempenho no primeiro trimestre, com o PIB a crescer 1,6% face ao trimestre anterior. Seguiu-se a Eslovénia (1,5%) e a Lituânia (1,4%), sendo que a Finlândia também conseguiu um crescimento em cadeia acima do registado em Portugal. Alargando a análise a todos os países da União Europeia, a Roménia liderou (+1,7%) e o Reino Unido obteve o pior desempenho (+0,2%).

 

A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 08.06.2017

As reformas da troika a darem frutos na actual conjuntura global. Só falta agora que a destruição de emprego excedentário, puramente desnecessário ou obsoleto, e a dinamização do mercado de capitais, e por inerência do investimento e da inovação comercializável e internacionalizável, tenham condições para avançarem ou caso contrário o emprego agora criado graças ao anterior governo será de curtíssima duração.

comentários mais recentes
Anónimo 08.06.2017

SO A BOLSA E QUE DESCE MAIS QUE A DOS VIZINHOS,

Atento 08.06.2017

Há um relatorio o "Grouth Reporter" da Nielsen com valores diferentes.Nesse relatorio Portugal está em 7º lugar em termos de crescimento. No entanto há países com crescimento negativo e são os seguintes:-Alemanha, Dinamarca, França, Finlandia, Grécia, Holanda, Suecia e mais países da europa de leste

Anónimo 08.06.2017

O problema é que a cada mês que passa desde a mudança do governo o gás vai-se extinguindo até não restar mais nada... E uma vez chegados a esse ponto nem a favorável conjuntura económica mundial vai valer à economia portuguesa tomada de assalto pelas políticas da esquerda lusitana em claro contra-ciclo com as políticas implementadas pelos governos de todo o mundo mais desenvolvido.

Anónimo 08.06.2017

As reformas da troika a darem frutos na actual conjuntura global. Só falta agora que a destruição de emprego excedentário, puramente desnecessário ou obsoleto, e a dinamização do mercado de capitais, e por inerência do investimento e da inovação comercializável e internacionalizável, tenham condições para avançarem ou caso contrário o emprego agora criado graças ao anterior governo será de curtíssima duração.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub