Autarquias Mapa: Veja quanto importa e exporta o seu município

Mapa: Veja quanto importa e exporta o seu município

Um trabalho inédito. O Negócios reuniu dados do INE e mostra-lhe quanto importa e quanto exporta cada município português. Lisboa é o concelho que mais vende ao exterior.

O Negócios reuniu os dados do INE referentes às importações e exportações em 2013 de cada município, ano em que Lisboa fica à frente da lista das exportações. 

 

Além disso, mostra-lhe os municípios que mais cresceram, nos últimos dez anos, ao nível das exportações e os que mais caíram. 

 

 


A sua opinião47
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 3 semanas

Pois é...
Tentaram, mas... muito mal, mostrar a parte cheia do copo!
A verdade é que Lisboa alcança o 1º lugar, destacada, mas é no deficite da balança comercial que gera... qualquer coisa como 10 mil milhões. Ora meus senhores, isso é cretinice, digam a verdade ao país. E a verdade é que Lisboa é para este país uma autêntica sangue-suga que vive ás custas de todo o restante Portugal... importa 17 mil milhões e exporta 7 mil milhões, e os 10 mil milhões de diferença? Vão dar banho ao cão....

comentários mais recentes
Ricardo Silva 30.09.2015

Segundo estes dados, o concelho mais rentável é o de Setúbal!

É o 3º mais exportador e o que tem maior diferença entre aquilo que importa e exporta.

ze Há 3 semanas

mostrem lá mas é os défices !

Tiago Figueiró 27.12.2014

Penso que da análise atenta dos dados aqui representados resulta evidente a urgência da REGIONALIZAÇÃO!

Jose 09.10.2014

Existem uma diferencial negativo em relação a Lisboa. Penso que foram mal interpretados os dados. Ou existe algum pré-conceito? cumprimentos

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub