Economia Maratona negocial de pescas com resultado bastante favorável para Portugal

Maratona negocial de pescas com resultado bastante favorável para Portugal

A ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, destacou hoje o “resultado bastante favorável” da maratona de quase 24 horas de negociações sobre as pescas para 2018, face às expectativas de Portugal, nomeadamente na redução da pescada.
Maratona negocial de pescas com resultado bastante favorável para Portugal
Pedro Elias
Lusa 13 de dezembro de 2017 às 07:49

"Os resultados deste conselho, face às expectativas, são bastante favoráveis", disse a ministra aos jornalistas, exemplificando com o biqueirão – uma espécie com elevado valor comercial – "onde havia uma proposta de redução de 20%" e foi conseguida a manutenção" das quotas de pesca para o próximo ano.

As capturas de pescada em águas nacionais sofre um corte de 12%, acima dos 30% inicialmente propostos por Bruxelas e as capturas de carapau são reduzidas em 24%, sendo que em nenhuma das espécies a quota é atingida pelos pescadores portugueses.

Ana Paula Vitorino destacou a boa cooperação com a sua homóloga espanhola, Isabel Tangerina, nas negociações, salientando que os dois países trabalharam "de uma forma muito próxima".




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Quota diminui face a 2015!! Há 5 dias

Parece aqueles descontos para "amigos" aumentam 20% ao preço para depois fazerem um desconto de 10% lol
A realidade é que a quota diminuiu face ao ano anterior, a UE apresenta uma proposta de redução exagerada para depois os Ministros poderem dizer internamente que negociaram um corte inferior ;-)

Saber mais e Alertas
pub