Autarquias Marcelo afirma que Medina "é um homem do futuro" e que Lisboa "é o paraíso"

Marcelo afirma que Medina "é um homem do futuro" e que Lisboa "é o paraíso"

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira que o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, "é um homem do futuro" e considerou que a capital do país "é o paraíso" para jovens empreendedores.
Marcelo afirma que Medina "é um homem do futuro" e que Lisboa "é o paraíso"
Cofina Media
Lusa 22 de dezembro de 2017 às 22:13

O chefe de Estado falava durante uma visita à "Second Home", um espaço de trabalho partilhado que se descreve como um "acelerador criativo" de empresas, no Mercado da Ribeira, em Lisboa, em que esteve acompanhado por Fernando Medina.

 

Num discurso em inglês, Marcelo Rebelo de Sousa referiu-se ao dirigente socialista e presidente da Câmara Municipal de Lisboa como "um homem do futuro" e elogiou a abertura, inclusão e tolerância desta cidade e do país em geral.

 

O Presidente da República disse aos jovens que partilham este espaço que os inveja pela liberdade com que vivem a sua juventude e pela possibilidade de conhecerem pessoas diferentes num lugar como Lisboa, em frente ao Tejo. "Fazer outras pessoas felizes e ser feliz em Lisboa é o paraíso, é o céu. Vocês estão no céu. Não só por ser a altura do Natal, mas isto é o paraíso", exclamou, recebendo uma salva de palmas.

 

Marcelo Rebelo de Sousa prosseguiu: "O vinho tinto é esplêndido, a hospitalidade das pessoas é única, o presidente da Câmara é muito bom". "Até o Presidente é bom", acrescentou, questionando "o que é que querem mais de um país e de uma cidade?" e suscitando mais aplausos.

 

Antes, discursou Fernando Medina, que descreveu Lisboa como "uma grande capital global, uma grande capital de inovação, uma grande capital de modernidade e um grande exemplo para o mundo". "Estamos a crescer, estamos orgulhosamente a marcar pontos lá fora", declarou, prometendo apoiar "sem quaisquer reservas" iniciativas como a "Second Home" e trabalhar para manter Lisboa "uma cidade aberta, tolerante, cosmopolita", capaz de "acolher todos".

 

O autarca do PS expressou o desejo de que os jovens que trabalham neste espaço "queiram ficar em Lisboa para o resto da vida, começando no Natal".




A sua opinião11
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 23.12.2017

OLhe que não, !
O Medina para mim não passa de um trafulha cuja obra é sacar o dinheiro de todos os que precisam do carro para trabalhar, encurtar ruas e avenidas para as filas serem maiores e canteiros no meio das estradas para atrapalhar.
não passa de mais um inutil cujas obras não servem na maioria das vezes para nada a não ser para gastar dinheiro.

comentários mais recentes
Anónimo 23.12.2017

A Câmara de Lisboa é como qualquer outra em Portugal , tudo amigos ,familia ,amigos da familia ,militantes do partido que está na Câmara ,cunhas de amigos, cunhas das familias , cunha dos militantes e começa alastrar tambêm para a JUSTIÇA ...

Anónimo 23.12.2017


Valha-nos Deus....
Isto nem parece de um Presidente...!

Oh Sô presidente! 23.12.2017

A sério?

Anónimo 23.12.2017

O despedimento de excedentários é normal em qualquer economia desenvolvida do mundo livre. Acontece quase todos os dias em alguma organização do sector público ou privado. A boa gestão de recursos humanos é o maior antídoto para a extracção de valor que luta pelo seu espaço fazendo frente à criação de valor, e que, invariavelmente, leva ao empobrecimento e à mendicante dependência externa.

ver mais comentários
pub