Orçamento do Estado Marcelo atento a exigências das carreiras profissionais
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Marcelo atento a exigências das carreiras profissionais

O Governo está disponível para aceitar alterações ao OE dos parceiros, mas as negociações ainda não terminaram. O Executivo e os partidos continuam a ver o que pode passar e a fazer contas.
Marcelo atento a exigências das carreiras profissionais
Marta Moitinho Oliveira 20 de novembro de 2017 às 22:51

O Presidente da República sinalizou esta segunda-feira aceitar a revisão em alta da meta do défice por causa das medidas de resposta à tragédia com os incêndios no Verão, mas mostrou-se reservado em relaç

)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Para entender a crise de equidade e sustentabilidade que tem afectado as economias desenvolvidas e posto territórios como os de Portugal e Grécia nas más bocas do mundo, é fundamental perceber que para uns serem excedentários ou pagos acima do preço de mercado, outros têm que pagar mais caro quando consomem bens e serviços, pagar mais taxa de imposto quando são tributados, obter menor retorno sobre o investimento quando investem, poupar menos quando aforram, ser pior remunerados, abaixo do seu preço de mercado, quando oferecem trabalho com real procura...

Anónimo Há 2 semanas

Anda tudo a contar tostões... e baixas perfeitamente evitáveis entre os civis. Salários e pensões de reforma absolutamente desnecessários, no todo e em parte, desembocam nisto. Neste descalabro asqueroso chamado geringonça.

Anónimo Há 2 semanas

MARCELO VAI A TODAS, MAS PARECE ESTAR ESQUECIDO DAS MORTES NO FUNCHAL!

Mr.Tuga Há 2 semanas

"Marcelo atento" ?!?!?!

Quando Marcelo fica "atento", normalmente assina os diplomas do Desgoverno....

Este AVALIZA tudo o que os xuxas e geringonços lhe colocam a frente, mesmo que seja só BENESSES para a rapaziada de 1ª: FP!

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub