Economia Marcelo envia "abraço solidário" às vítimas de Pedrógão Grande e afirma necessidade de investimentos

Marcelo envia "abraço solidário" às vítimas de Pedrógão Grande e afirma necessidade de investimentos

O Presidente da República lembrou este domingo as vítimas da tragédia de Pedrógão Grande, quando passam três meses sobre os incêndios, assinalando a necessidade de investimentos para dinamizar aquela zona do país.
Marcelo envia "abraço solidário" às vítimas de Pedrógão Grande e afirma necessidade de investimentos
Cofina Media
Lusa 17 de setembro de 2017 às 17:58

Numa mensagem publicada na página da Presidência da República na Internet, Marcelo Rebelo de Sousa lembrou que se completam hoje três meses sobre a tragédia "com tantos mortos e feridos e que tirou a casa e outros bens a muitos mais".

 

O Presidente da República enviou um "abraço solidário e emocionado às famílias" e lembrou os jovens da região que viveram a tragédia, alguns dos quais recebeu em Belém, poucos dias antes de se iniciar o ano lectivo.

 

Para Marcelo Rebelo de Sousa, os jovens são "a principal razão da esperança de uma vida melhor, com a reconstrução, o investimento e as iniciativas necessárias para dinamizar esta zona traumatizada do nosso país".

 

O incêndio que começou em Pedrógão Grande a 17 de Junho e se alastrou a outros concelhos provocou 64 mortos e mais de 200 feridos e só foi extinto uma semana depois.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 6 dias

De hipocrisia está o mundo cheio. As pessoas não se governam com abraços, lágrimas de crocodilo ou pedidos de desculpa. As pessoas precisam é de apoio material efectivo pois para massacre moral já bonda a penitência dominical.

Criador de Touros Há 6 dias

O presidente Marcelo abraça o governo e abraça algumas vítimas, porque a 64 dessas vítimas ele não conseguirá abraçar.

Criador de Touros Há 6 dias

O centro de Portugal ardeu. Este governo é incompetente. Ardeu o distrito de Leiria a nascente. Ardeu o distrito de Castelo Branco. Ardeu o norte do distrito de Santarém. Ardeu o sul do distrito da Guarda. Fora o distrito de Viseu e outros sítios do país onde não fui. Mas vi fogos no Baixo Alentejo/Algarve e em zonas do distrito do Porto e distrito de Aveiro também. Este governo deixa arder.Os portugueses gostam. Estes portugueses são uns idiotas, isto é, têm umas ideias impróprias para consumo.

pub