Política Marcelo espera receber presidente da China no próximo ano

Marcelo espera receber presidente da China no próximo ano

O chefe de Estado português afirmou esta quinta-feira que espera receber em 2018 o presidente da China, Xi Jinping, em visita de Estado a Portugal e considerou que as relações luso-chinesas "atravessam, porventura, o melhor momento".
Marcelo espera receber presidente da China no próximo ano
Cofina Media
Lusa 02 de novembro de 2017 às 23:57

Marcelo Rebelo de Sousa falava no final da IV Gala Portugal-China, num hotel de Lisboa, na presença do ministro do Planeamento e das Infraestruturas, do embaixador da República Popular da China em Portugal e do presidente da Câmara de Comércio e Indústria Luso-Chinesa, entre outros convidados.

 

"Terei grande satisfação em receber o senhor Presidente Xi Jinping em visita de Estado, que, espero, possa concretizar-se em breve, talvez mesmo no próximo ano", afirmou, acrescentando que a data está a ser acertada "pelos canais diplomáticos usuais".

 

Antes, o Presidente da República referiu que, "no respeito da diversidade dos princípios constitucionais e institucionais de cada um dos países", enviou "há dias" a Xi Jinping, também secretário-geral do Partido Comunista Chinês (PCC), "uma mensagem de felicitações pelos sucessos do XIX Congresso" do PCC, realizado em Outubro.

 

"O ímpeto de reforma e a visão da China do futuro aí consagrados enquadram-se na nossa própria perspectiva de expansão do relacionamento bilateral num mundo sem proteccionismos", declarou.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas

Num mundo sem proteccionismos? mas é o que os chineses desde sempre fizeram e tao cedo nao vao mudar as taxas chinesas nas importaçao é dos 25 a 45% as europeias à china é 5% eles praticam todo um leque de trafulhice para lapidar as empresas estrangeiras o déficite europeu com a china anda nos 50%

General Ciresp Há 2 semanas

Um neto disse-lhe para ele nao alongar-se para alem do mandato actual.Nao tera ele outro neto que lhe diga:deixa essa MERDA e anda-te embora,afinal ja nao consegues ate morrer ver todos os selfies que tiraste.

Saber mais e Alertas
pub