Política Marcelo: "Quando viro à direita, a direita está distraída a bater na esquerda. Em vez de aproveitar, não nota"

Marcelo: "Quando viro à direita, a direita está distraída a bater na esquerda. Em vez de aproveitar, não nota"

O Presidente da República comentou hoje com emigrantes portugueses em Andorra que Portugal "está a crescer, a crescer", após uma caminhada em que deixou recados à oposição, afirmando que, quando vira à direita, "a direita não nota".
Marcelo: "Quando viro à direita, a direita está distraída a bater na esquerda. Em vez de aproveitar, não nota"
Cofina Media
Lusa 08 de setembro de 2017 às 12:21
No dia nacional de Andorra, Marcelo Rebelo de Sousa desceu em passo acelerado um caminho ao longo de uma encosta, com pedras soltas, até ao Santuário de Nossa Senhora de Meritxell, onde assistiu a uma missa em honra da padroeira do principado.

"Agora viramos à direita, coisa que eu em Portugal já não faço há algum tempo", observou a certa altura, acrescentando: "De vez em quando faço, mas a direita não nota. Eu quando viro à direita em Portugal, a direita está distraída a bater na esquerda, não nota. Em vez de aproveitar, não nota".

Antes, quando lhe sugeriram que se aproximasse da beira da ravina para tirar uma fotografia, o chefe de Estado declarou que essa sugestão só podia partir de alguém "feito com a oposição" e interrogou: "Quem será a oposição ao Presidente que ama todos os portugueses?".

Depois, deu a resposta: "Não há oposição. Tem de ser alguém muito distraído. Com quotas de popularidade de 80 e tal por cento, tem de ser alguém muito distraído".

À conversa com o ministro do Interior de Andorra, Xavier Espot Zamora, Marcelo Rebelo de Sousa falou do início do seu percurso político e considerou que "a política é difícil em todo o lado e, sobretudo, é cada vez mais difícil".

No início deste percurso, o Presidente da República encontrou portugueses, entre os quais uma jovem enfermeira que lhe pediu "para lutar pelos enfermeiros em Portugal". O Presidente da República retorquiu: "Vou recebê-los, vou recebê-los", numa referência aos encontros que terá na próxima semana, no Palácio de Belém, com as ordens profissionais ligadas à saúde.

No final, já no Santuário, Marcelo Rebelo de Sousa voltou a encontrar emigrantes e, enquanto tirava sucessivas fotografias com os portugueses, comentou a situação nacional declarando: "Aquilo está a crescer, a crescer, a crescer. Turistas, turistas, turistas".



A sua opinião33
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado ComePito 08.09.2017

E pronto! é isto! Fica clara a estratégia do professor Martelo - alimentar a imagem com selfies, muitas visitas ao povinho, muitos banhos de multidão, para se aguentar na turbulência entre esquerda e direita. Nada de muito profundo, apenas a necessária superficialidade para que nem esquerda nem direita se metam com ele.
As alusões à direita são lamentáveis mas acaba por ser sincero que não vem à direita há muito tempo. A gente já percebeu. Mais vale colar-se ao "sucesso" mediático da geringonça.
Presidente popularucho, movido pelo populismo, pela imagem. Lamentável. Muito mau mesmo.

comentários mais recentes
pertinaz 10.09.2017

PALERMICES...

É o chamado PR pisca-pisca... 09.09.2017

Ora pisca para a esquerda... Ora pisca para a direita.
Qualquer dia vai em frente e Kabum... Coitada da parede que não tem culpa!!

ha ha ha, que tristeza de PM e PR 09.09.2017

Temos assim os que, no sector público, recuperam rendimentos, contra os que, no sector privado, não recuperam.

Criador de Touros 09.09.2017

País...e não o que eu disse.

ver mais comentários
pub