Saúde Marcelo só soube da transferência do Infarmed no dia do anúncio do Governo

Marcelo só soube da transferência do Infarmed no dia do anúncio do Governo

O Presidente da República tomou conhecimento da transferência da sede do Infarmed para o Porto apenas quando a decisão foi anunciada publicamente, segundo uma carta endereçada pela Presidência à comissão de trabalhadores, a que a Lusa teve acesso.
Marcelo só soube da transferência do Infarmed no dia do anúncio do Governo
Duarte Roriz
Lusa 25 de novembro de 2017 às 10:05
A comissão de trabalhadores da Autoridade do Medicamentos (Infarmed) enviou um pedido de audiência urgente ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e alguns elementos vão ser recebidos pela Casa Civil do Presidente da República na segunda-feira à tarde.

Na carta de resposta ao pedido da comissão de trabalhadores, o chefe da Casa Civil refere que "o Chefe de Estado tomou igualmente conhecimento da decisão [da transferência da sede do Infarmed] com o anúncio público da mesma".

O anúncio da transferência da sede do Infarmed de Lisboa para o Porto foi feito pelo ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, na terça-feira, um dia depois de se saber que o Porto não conseguiu vencer a candidatura para receber a sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA), que vai ser deslocalizada de Londres para Amesterdão.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

NADA DE NOVO... A ESCUMALHA E A BANDALHEIRA DO COSTUME...!!!

SOUDAQUI Há 2 semanas

ENTÃO A MENTIR "PIEDOSAMENTE" NA DEFESA DA INSENSATEZ DO SEU MINISTRO.

Saber mais e Alertas
pub