Finanças Públicas Marcelo agradece contributo dos portugueses na Suíça para a economia portuguesa

Marcelo agradece contributo dos portugueses na Suíça para a economia portuguesa

O Presidente agradeceu este domingo, 16 de Outubro, o contributo dos portugueses residentes na Suíça para a economia portuguesa, referindo que "no ano passado esta foi a segunda maior comunidade do mundo a apoiar a economia portuguesa".
Marcelo agradece contributo dos portugueses na Suíça para a economia portuguesa
Lusa 16 de Outubro de 2016 às 19:32
Marcelo Rebelo de Sousa deixou esta mensagem durante um encontro com representantes da comunidade portuguesa na Suíça, num pavilhão de hóquei no gelo, em Genebra.

Como já tinha feito em Paris, o chefe de Estado afirmou perante as centenas de emigrantes portugueses presentes neste encontro que "Portugal é o maior e melhor país do mundo", e acrescentou que não é "um país do passado", mas "um país do futuro".

Os portugueses ocupavam a maioria de uma das bancadas laterais do pavilhão, onde também se sentou o Presidente da República, tendo ao seu lado um dos membros do Conselho de Estado do Cantão de Genebra, Luc Barthassat.

Marcelo Rebelo de Sousa esteve constantemente a sair do seu lugar para conversar e tirar fotografias com os portugueses, e Luc Barthassat registava o convívio com o seu telemóvel.

Depois de discursar no meio da pista de gelo, o chefe de Estado disse que "não se sente o gelo, porque o calor humano criado pelos portugueses surpreende até os suíços".

"As autoridades suíças aqui presentes estão estupefactas, depois de conviverem com portugueses há tanto tempo, ainda se admiram com o calor que nós temos", observou.



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Jorge Santos 17.10.2016

Abaixo o inferno fiscal. ABAIXOOOOOO. VIVA O PARAÍSO FISCAL. VIVAAAAAA

Mila Ferreira 16.10.2016

O passeio continua ??

Anónimo 16.10.2016

Com os contornos que a economia em Portugal está a tomar e com a carga de impostos para quem tem patrimonio e trabalha no privado, aconcelho os nossos compatriotas a não mandarem as economias para Portugal. Eu já não mando.

Anónimo 16.10.2016

Qual economia qual caralhho,se o dinheiro esta nos bolsos do teu amigo salgado capela.Nao brinques com o esforco de quem vos poe a mamar.FASTIOSO.

pub