Mundo Marcelo considera eleição de secretário-geral da ONU “importante para o mundo”

Marcelo considera eleição de secretário-geral da ONU “importante para o mundo”

O Presidente da República destacou que a candidatura de António Guterres é, "a todos os títulos, uma candidatura exemplar" e cumpriu "todas as etapas do processo".
Marcelo considera eleição de secretário-geral da ONU “importante para o mundo”
Pedro elias
Lusa 01 de Outubro de 2016 às 21:13

O Presidente da República considerou, este sábado, que a eleição do próximo secretário-geral das Nações Unidas é "uma situação importante para o mundo", além de ser também importante para Portugal por causa da candidatura de António Guterres.


"É importante para o mundo antes de ser importante para Portugal, mas também é importante para Portugal", afirmou o chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, quando questionado se, ao ter chamado o assunto da eleição do secretário-geral das Nações Unidas para o Conselho de Estado, pretendia que tivesse reflexos internacionais.


Recordando que na reunião de quinta-feira do Conselho de Estado, o órgão de consulta política do Presidente da República, o tema era a análise da situação política, económica e financeira internacional e os reflexos na economia portuguesa, Marcelo Rebelo de Sousa considerou "natural" que a escolha do próximo secretário-geral das Nações Unidas também tivesse sido falada.


"Não é uma situação qualquer, é uma situação importante para o mundo e é uma situação em que existe uma candidatura portuguesa apoiada por Portugal, por todos os partidos políticos portugueses e por todos os órgãos de soberania", vincou, insistindo que seria "muito estranho" que ao analisar o mundo não se falasse de uma questão que é "particularmente importante".


Na quinta-feira, o Conselho de Estado saudou a candidatura de António Guterres a secretário-geral das Nações Unidas, considerando que é, "a todos os títulos, uma candidatura exemplar" e salientando que cumpriu "todas as etapas do processo".


O antigo primeiro-ministro António Guterres é conselheiro de Estado, nomeado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e participou na reunião realizada quinta-feira à tarde no Palácio de Belém.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 01.10.2016


PS DEIXA MORRER UTENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO À FP:

- PS aumenta despesa com salários da FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz horário da FP para 35 horas;

- PS corta orçamento dos Hospitais Públicos.

comentários mais recentes
Anónimo 02.10.2016


FP – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES DO PRIVADO

Gorduras do Estado

As Gorduras & Mordomias do Estado são, na sua maioria, os salários e pensões da FP.

Valor anual das pensões e salários da FP = 30 000 milhões de euros.

Anónimo 01.10.2016

Ora vejam abaixo do queixo de ambos;o da esquerda para ter o saco das esmolas depois do peditorio feito durante a missa,o outro parece o pescoco dum peru,estarao tambem eles escarrapachados no livro EROTICO que vai ser apresentado por Passos?Havemos de saber.

Anónimo 01.10.2016

Como a sociedade politica portuguesa mete nojo,so cobardia.Cada vez que nos abrem a porta so vemos porcaria.Mal cheirosos.

Anónimo 01.10.2016


PS DEIXA MORRER UTENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO À FP:

- PS aumenta despesa com salários da FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz horário da FP para 35 horas;

- PS corta orçamento dos Hospitais Públicos.

pub
pub
pub
pub