Política Marcelo diz que os especialistas do cérebro dão razão ao seu apelo aos consensos

Marcelo diz que os especialistas do cérebro dão razão ao seu apelo aos consensos

"Já imaginou o que é consenso entre biliões de neurónios? Se é possível esse consenso, há de ser possível o consenso entre meia dúzia de partidos", considerou Marcelo Rebelo de Sousa.
Marcelo diz que os especialistas do cérebro dão razão ao seu apelo aos consensos
Bruno Simão/Negócios
Lusa 17 de Outubro de 2016 às 13:58
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, manifestou-se esta segunda-feira, 17 de Outubro, impressionado ao saber que biliões de neurónios só agem por consenso e concluiu que os cientistas do cérebro dão razão ao seu apelo aos partidos.

O chefe de Estado falava aos jornalistas no final de uma visita a um campus de biotecnologia em Genebra, onde esteve com o presidente da Suíça, Johann N. Schneider-Ammann, durante a sua visita de Estado a este país.

"Eu saio muito feliz, porque eu passo a vida a defender consensos, acordos, e aparentemente os especialistas do cérebro dão-me razão", declarou o Presidente da República. "Já imaginou o que é consenso entre biliões de neurónios? Se é possível esse consenso, há de ser possível o consenso entre meia dúzia de partidos", considerou.

Durante esta visita, que a comunicação social não pode acompanhar, Marcelo Rebelo de Sousa conheceu vários laboratórios deste campus tecnológico e falou com investigadores, alguns deles portugueses.

No final, o Presidente da República destacou uma explicação que ouviu sobre as funções do cérebro, que reproduziu aos jornalistas: "Foi aqui explicado, e eu até fiquei muito impressionado, que cada neurónio tem uma visão do mundo, e luta com outras visões do mundo e são biliões de neurónios, por áreas".

"Primeiro, há uma luta dentro de cada área até haver um consenso. Se não há consenso, não há posição dessa área. E depois as várias áreas, a visão, outro tipo de sentidos, entram também numa certa disputa ou debate, até haver uma decisão", acrescentou.

Marcelo Rebelo de Sousa traçou então um paralelo entre os comportamentos na sociedade e o funcionamento do cérebro: "Também na sociedade é a mesma coisa, dentro de uma família, dentro de uma empresa, dentro de uma escola".

"Dentro de um Governo, dentro de um parlamento, dentro de um sistema político, cada qual tem a sua visão, têm de compor as visões, só no momento em que há consensos é que há preparação para uma decisão", completou.

No seu entender, "deve ser mais difícil" haver consenso no cérebro de um indivíduo do que na política: "Porque enquanto no plano coletivo estamos a falar num número limitado de instituições, aqui estamos a falar de biliões de neurónios".



A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas



Comemorações Oficiais

FP . CGA – 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


AS PENSÕES DOURADAS DA CGA

As reformas mais antigas são as mais elevadas porque tiveram fórmulas mais favoráveis.
São também aquelas em que as pessoas se reformaram/aposentaram com menos idade.
Por isso devem ter os maiores cortes.

Ex: Muitas pessoas reformaram-se/aposentaram-se com 36 anos de descontos e 54 de idade.
Ou seja, muitas dessas pessoas vão estar mais anos a receber a pensão, do que os anos que trabalharam e descontaram.
Basta que vivam até depois dos 90 anos, o que se verifica com cada vez mais pessoas.

Pergunta: Estas pessoas fizeram descontos suficientes para terem a pensão que recebem?

Resposta: Não, nem para metade.

comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas



OS CÃES RAIVOSOS DA FP

Os cães raivosos da FP abocanharam tudo e mais alguma coisa nos últimos 40 anos.

Sempre à custa dos trabalhadores do privado, que sustentam a FP e seus pensionistas a pão de ló.


1 SÓ PAFAS,1000 NIKS Há 2 semanas

O MESMO IP DENUNCIA O PATETA INTRUJÃO A SOLDO DA PAFAS QUE ANDA NUMA DESTE JORNAL A DEBITAR A MESMA TONTERIA !

A VERDADE DÓI MAS O MELIANTE FOI DESCOBERTO.


FORÇA PATETA ANÓNIMO,OBSERVADOR,ETC!

1 SÓ PAFAS,1000 NIKS Há 2 semanas

O MESMO IP DENUNCIA O PATETA INTRUJÃO A SOLDO DA PAFAS QUE ANDA NUMA DESTE JORNAL A DEBITAR A MESMA TONTERIA !

A VERDADE DÓI MAS O MELIANTE FOI DESCOBERTO.


FORÇA PATETA ANÓNIMO,OBSERVADOR,ETC!

1 SÓ PAFAS,1000 NIKS Há 2 semanas

O MESMO IP DENUNCIA O PATETA INTRUJÃO A SOLDO DA PAFAS QUE ANDA NUMA DESTE JORNAL A DEBITAR A MESMA TONTERIA !

A VERDADE DÓI MAS O MELIANTE FOI DESCOBERTO.


FORÇA PATETA ANÓNIMO,OBSERVADOR,ETC!

ver mais comentários
pub