Economia Marcelo é três vezes mais popular do que Cavaco

Marcelo é três vezes mais popular do que Cavaco

Marcelo Rebelo de Sousa caiu no goto dos portugueses. Segundo a Aximage, 92% diz que o Presidente tem actuado "bem". A sua avaliação é três vezes maior do que a do seu antecessor, no final do mandato.
Marcelo é três vezes mais popular do que Cavaco
Rui Ochoa/Presidência da República
Manuel Esteves 16 de maio de 2016 às 08:00
Marcelo Rebelo de Sousa tomou posse há dois meses e os portugueses gostaram do que fez até agora. Segundo o barómetro da Aximage, 92% entende que actuou "bem" e só 3,6% acham que esteve mal. 

Em Maio, o actual Presidente recebeu uma nota de 18,8 (em 20 valores), três vezes mais alta do que a última classificação dada a Cavaco Silva, que em Fevereiro mereceu apenas 6,5 valores. E mesmo no início do mandato, ainda em estado de graça, o seu antecessor nunca conseguiu ir além dos 16,2. E isso foi no primeiro mês, a partir daí foi quase sempre a descer. 

Não é só em relação a Cavaco que Marcelo arrasa. Na comparação, os actuais líderes também ficam mal na fotografia. António Costa é o mais bem classificado, com uma nota de 13,3. Segue-se Assunção Cristas e Catarina Martins, ambas com 11,8. Jerónimo de Sousa é o último entre os que merecem nota positiva. Passos Coelho é que viu a sua classificação cair de forma assinalável nos últimos meses. De 11,5 no início do ano, passou para 6,9 em Maio. 

O inquérito da Aximage, feito para o Negócios e Correio da Manhã, foi realizado entre 7 e 9 de Maio. 


Ficha técnica

Universo: indivíduos inscritos nos cadernos eleitorais em Portugal com telefone fixo no lar ou possuidor de telemóvel.

Amostra: aleatória e estratificada (região, habitat, sexo, idade, escolaridade, actividade e voto legislativo) e representativa do universo e foi extraída de um sub-universo obtido de forma idêntica. A amostra teve 600 entrevistas efectivas: 281 a homens e 319 a mulheres; 55 no Interior Norte Centro, 70 no Litoral Norte, 102 na Área Metropolitana do Porto, 122 no Litoral Centro, 167 na Área Metropolitana de Lisboa e 84 no Sul e Ilhas; 96 em aldeias, 161 em vilas e 343 em cidades. A proporcionalidade pelas variáveis de estratificação é obtida após reequilibragem amostral.

Técnica: Entrevista telefónica por C.A.T.I., tendo o trabalho de campo decorrido nos dias 7, 8 e 9 de Maio de 2016, com uma taxa de resposta de 86,6%.

Erro probabilístico: Para o total de uma amostra aleatória simples com 600 entrevistas, o desvio padrão máximo de uma proporção é 0,020 (ou seja, uma "margem de erro" - a 95% - de 4,00%).

Responsabilidade do estudo: Aximage Comunicação e Imagem Lda., sob a direcção técnica de Jorge de Sá e de João Queiroz.




A sua opinião73
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 16.05.2016

Ok. Se antes ia-mos com o pé a fundo contra a parede, com Marcelo vamos com o pé a fundo, e o turbo ligado!! Em Portugal popularidade é sinónimo de más politicas, e com Marcelo no suporte. Na Venezuela, Maduro, também ameaça nacionalizar TUDO, devido aos capitalistas que estão a destruir a economia Venezuelana, cria-se assim um monstro fictício para desviar atenções. E o povo engole!! Este fenómeno é comum a todas as sociedades pouco desenvolvidas, leia-se cultas.

comentários mais recentes
Não é dificil Há 5 horas

O Aníbal ri-se pouco.

Montrond Há 4 semanas

"Marcelo é três vezes mais popular do que Cavaco"...
Se tivessem publicado a minha própria "sondagem", ler-se-ia: " Marcelo é seis vezes mais popular do que Cavaco". Assim, estaríamos mais perto da realidade.

Anónimo 16.05.2016

Até o meu gato feio seria mais popular como PR que o Cavaco. Grande admiração.

Francisco António 16.05.2016

Ora se até o Octávio Machado e o Jesus são mais populares que Cavaco...onde está a admiração ?

ver mais comentários
pub