Função Pública Médicos de família são os que estão mais perto da reforma

Médicos de família são os que estão mais perto da reforma

Até Setembro saíram 617 médicos do SNS e no final do ano 500 estarão em condições de sair. O Ministério da Saúde conta com a entrada dos médicos em internato para o sistema.
Médicos de família são os que estão mais perto da reforma
Ricardo Castelo/Negócios
Marta Moitinho Oliveira 10 de novembro de 2017 às 19:41

Há mais médicos de família perto da idade de reforma do que noutras especialidades. A proximidade da idade de aposentação dos médicos é uma das preocupações do Ministério da Saúde que espera colmatar o problema com a entrada no sistema dos médicos que actualmente estão em internato.

"A comparação do potencial de aposentações nos médicos especialistas de Medicina Geral e Familiar é superior ao potencial de aposentações nos médicos das especialidades hospitalares", diz uma nota explicativa do Ministério da Saúde enviada para o Parlamento. "A título meramente exemplificativo, refira-se que, com 61 anos, existem no Serviço Nacional de Saúde (SNS), em 2017, 408 médicos especialistas em Medicina Geral e Familiar e 439 no conjunto das especialidades hospitalares", justifica a mesma nota que servirá de apoio à apresentação do Orçamento do Estado para 2018 do ministro Adalberto Campos Fernandes na próxima segunda-feira de manhã.

Isto significa que o número de médicos de família que se encontra perto da idade da reforma é praticamente o mesmo número do conjunto de médicos de outras especialidades que se encontram perto da reforma.

Para resolver este problema, o Governo espera que os médicos em regime de internato passem a internos. "No grupo profissional dos médicos observa-se uma distribuição mais assimétrica com um número significativo de médicos em condições potenciais de aposentação."

Esta é uma "situação mais evidente no curto prazo, que poderá ser compensada pela entrada de novos médicos no sistema", explica o Ministério da Saúde que ao mesmo tempo aumentou em 4,8% o número de médicos este ano no SNS.

"Até ao final do mês de Setembro de 2017 aposentaram-se 617 profissionais, o que constitui um valor ligeiramente inferior ao ocorrido no mesmo período do ano anterior (635 profissionais aposentados), pelo que se prevê que no final do ano possa situar-se na ordem dos 800 a 1000 profissionais. No que respeita aos médicos, prevê-se que no final de 2017 existem cerca de 500 em condições de se aposentarem."



pub