União Europeia Medina: Apoio de 250 milhões da UE marca início da construção do futuro de Lisboa

Medina: Apoio de 250 milhões da UE marca início da construção do futuro de Lisboa

O presidente da Câmara de Lisboa disse esta segunda-feira que o empréstimo de 250 milhões de euros do Banco Europeu de Investimento ao município vai permitir iniciar a "construção do futuro da cidade", em áreas como o emprego e habitação.
Medina: Apoio de 250 milhões da UE marca início da construção do futuro de Lisboa
Miguel Baltazar
Lusa 24 de Outubro de 2016 às 15:03

"Lisboa é hoje uma cidade moderna, aberta, cosmopolita, uma cidade que sofreu nos últimos anos um incrível processo de desenvolvimento. Mas o que este programa significa para a cidade de Lisboa é que estamos a marcar o primeiro elemento central para continuarmos a construção do futuro", afirmou Fernando Medina.

 

Falando na apresentação do Plano de Investimentos da Cidade de Lisboa 2016-2020, no Pátio da Galé, na capital portuguesa, o autarca reforçou que este é um "dia de confiança e de início da construção do futuro da cidade".

 

"O que está em causa é (...) acoplar a visão que temos para a cidade de Lisboa e os instrumentos financeiros para que lhe possamos dar corpo e concretizá-la", acrescentou o responsável.

 

Na cerimónia foi assinado o contrato da primeira 'tranche' de 100 milhões de euros de um total de 250 milhões ao abrigo do Plano de Investimento para a Europa.

 

Lisboa é o primeiro município da União Europeia a usufruir directamente deste apoio.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 2 semanas


PS ROUBA A VIDA A 500.000 TRABALHADORES

O SOCRATES GATUNO endividou o país até à bancarrota, para pagar salários e pensões da FP…

Lançando 500.000 trabalhadores no desemprego!

Mais do mesmo Divida e mais Dívida Há 2 semanas

Mais dívida ! é só o que sabem fazer ! e depois mais taxas ! claro que não há detalhes do "plano de investimento" não interessa nada não é ?

aa Há 2 semanas

O PS continua a atacar a classe média. Agora pretende construir prédios para destruir os negócios de família, casas e prédios obtidos com poupanças de décadas. É uma vergonha!
Com isto pretende aumentar o número de empregados da câmara (boys) de modo a acompanhar estes milhões!

jcamacho Há 2 semanas

PÕE-TE A PAU COM CRISTAS!

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub