Política Medina toma hoje posse ainda sem acordos definidos para a maioria

Medina toma hoje posse ainda sem acordos definidos para a maioria

Os eleitos da Câmara e da Assembleia Municipal de Lisboa irão hoje tomar posse, numa cerimónia aberta ao público que decorrerá na Praça do Município, mas ainda sem definição quanto a acordos para a governação da cidade.
Medina toma hoje posse ainda sem acordos definidos para a maioria
Miguel Baltazar
Lusa 26 de outubro de 2017 às 10:14
A presidente da Assembleia Municipal, Helena Roseta, dará posse ao presidente da Câmara, Fernando Medina (eleito pelo PS), e aos restantes 16 vereadores do executivo.

Também serão empossados os 75 deputados municipais (51 eleitos directamente e 24 presidentes das Juntas de Freguesia, deputados por inerência).

O PS ganhou as eleições autárquicas para a Câmara de Lisboa com 42,02% dos votos, mas não conseguiu manter a maioria absoluta obtida por António Costa, ficando com oito vereadores, menos três do que em 2013.

Já o CDS-PP elegeu quatro vereadores (ganha três), o PSD obteve dois mandatos (perde um), a CDU mantém os dois eleitos e o Bloco de Esquerda conseguiu eleger um vereador.

O actual presidente da Câmara, Fernando Medina, foi o número dois de Costa na autarquia, tendo assumido a presidência quando o ex-presidente saiu do cargo para assumir funções de primeiro-ministro.

Desde que se disputaram as autárquicas, a 1 de Outubro, que o PS e o BE se mostraram disponíveis para chegarem a um acordo, tendo os bloquistas chegado a confirmar "conversações" com Fernando Medina.

Quanto ao PCP, apesar de o secretário-geral ter recusado qualquer acordo pós-eleitoral na autarquia de Lisboa, embora mantendo uma postura construtiva, a direcção de Lisboa sublinhou hoje que esta força política se encontra disponível para "convergências pontuais" na Câmara Municipal, no sentido de contribuir para "resolver os problemas" da capital.

De acordo o 'site' da Assembleia Municipal, o executivo será composto por Fernando Medina (presidente), Duarte Cordeiro, Paula Marques, Manuel Salgado, João Paulo Saraiva, Catarina Vaz Pinto, José Sá Fernandes e Miguel Gaspar, mas ainda não são conhecidas as pastas que assumirão.

Segundo a mesma fonte, os eleitos da Coligação Nossa Lisboa (CDS-PP/PPM/MPT) serão Assunção Cristas, João Gonçalves Pereira, Maria Zagalo e Antero Moreira da Silva.

Pelo PSD, a equipa que tomará posse será composta por Teresa Leal Coelho, que é reconduzida, e pelo estreante João Pedro Costa.

A CDU (coligação PCP/PEV) elegeu João Ferreira e Carlos Moura, enquanto o vereador do Bloco de Esquerda (BE) será Ricardo Robles.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga Há 3 semanas

Grande meRdina.