Política Monetária Membro do Banco Central do Japão elogia política económica de Hitler

Membro do Banco Central do Japão elogia política económica de Hitler

Yutaka Harada defendeu que foi o facto de o governo de Adolf Hitler ter tomado as medidas de estímulo - que as outras nações europeias se atrasaram a implementar - que acabaria por criar condições para o Holocausto e perdas de vidas na II Guerra Mundial.
Membro do Banco Central do Japão elogia política económica de Hitler
Reuters
Negócios com Reuters 29 de junho de 2017 às 13:53

Um dos membros do Banco do Japão, a autoridade monetária do país, elogiou a política orçamental e económica de Hitler e responsabilizou os governantes europeus pela ascensão do líder nazi ao poder, pela demora em aplicarem a fórmula keynesiana na inversão dos efeitos da Grande Depressão de 1929.

Yutaka Harada, que de acordo com a Reuters falava num seminário em Tóquio, considerou que Adolf Hitler tomou medidas "fantásticas" a nível orçamental e de estímulo monetário, mas que acabariam por conduzir a "algo horrível para o mundo", levando ao Holocausto e à perda de milhões de vidas na II Guerra Mundial.

"A tragédia aconteceu porque Hitler tomou medidas orçamentais e monetárias adequadas. O que estou a dizer é que alguém devia ter tomado medidas orçamentais e monetárias adequadas antes de Hitler," afirmou Harada.

O Banco do Japão (na foto, o edifício-sede) não quis comentar as afirmações, dizendo desconhecê-las.

O Japão foi, conjuntamente com a Alemanha e a Itália, uma das forças do Eixo que se digladiaram com os Aliados na II Guerra Mundial, iniciada em 1939 e terminada em 1945.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
5640533 05.07.2017

Nostalgia?

Anónimo 29.06.2017

O banqueiro japonês critica os governos do neo-liberalismo ocidental pela imposiçao do globalismo , austeridade para as classes de menores rendimentos e a falácia do "não há alternativa"- O título só serve para chamar leitores...

Anónimo 29.06.2017

Posso estar enganado, mas este título parece-me algo retirado do contexto...o que é uma coisa que os senhores jornalistas por vezes fazem de uma forma reprovável.
O que o Sr Harada refere é histórico e não me parece nenhum elogio...
Lost in translation??