Política Miguel Relvas aponta Montenegro como "um dos rostos do futuro do PSD"  

Miguel Relvas aponta Montenegro como "um dos rostos do futuro do PSD"  

O ex-dirigente do PSD Miguel Relvas apontou hoje Luís Montenegro como "um dos rostos do futuro do PSD", e aconselhou o partido a "virar a página" e ultrapassar o facto de "ter ganho as eleições e estar na oposição".  
Miguel Relvas aponta Montenegro como "um dos rostos do futuro do PSD"  
Lusa 20 de abril de 2017 às 16:26

Questionado se vê o actual líder parlamentar do PSD Luís Montenegro como um possível futuro presidente do partido, Miguel Relvas respondeu: "Essa é uma questão que lhe deve perguntar, ninguém é líder indicado por outros, é líder quem o quer ser".

 

Miguel Relvas, antigo número dois do actual líder social-democrata, Pedro Passos Coelho, foi uma das presenças no almoço do International Club of Portugal em que Luís Montenegro foi orador convidado, tendo-se sentado na mesa de honra tal como o vice-presidente do partido Marco António Costa.

 

"O dr. Luís Montenegro é incontestavelmente um dos rostos do futuro do PSD", afirmou, em declarações aos jornalistas no final do almoço.

 

Sobre o significado da sua presença nesta iniciativa - depois de se ter afastado de todos os cargos no partido no Congresso de 2016 -, Miguel Relvas sublinhou que continua "interessado no futuro do país" e gosta de ouvir "aqueles que são capazes de pensar para além do momento".

 

"O PSD vai ter de ultrapassar a circunstância em que hoje se encontra, de ter ganho as eleições e estar na oposição, tem de voltar a ser um partido desafiador para a realidade portuguesa", afirmou Miguel Relvas, escusando-se a fazer apreciações sobre a questão da liderança do partido e dizendo ter fechado o seu ciclo na vida política.

 

Para o também empresário, "Portugal deixou de ser um país atractivo no último ano", que se afastou de concorrentes como Espanha e Irlanda, e o PSD terá de ser capaz de apresentar "um projeto alternativo" aos portugueses.

 

"O PSD tem de demonstrar aos portugueses que ganhou as eleições por mérito próprio, depois de quatro anos muito difíceis, e tem de ser capaz de virar a página e apresentar um projecto alternativo e de consolidação da economia portuguesa", afirmou.

 




A sua opinião17
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Bela 23.04.2017

Em vez de um asno sao dois. Que bom

SALAZAR 23.04.2017

AINDA NÃO PRENDERAM ESTE CORRUPTO?

Mandem o "Dr." Relvas para o CARALHO já! 23.04.2017

Relvas se tivesse vergonha nas fuças depois do q ele fez com a sua licenciatura FRAUDULENTA, cobria a cara de mer£da e desaparecia de vez! Este pulha obteve 7,5 valores a filosofia!! Uma abécula a debitar palpites!, Retornado da trampa. O teu lugar é a cavar batatas o dia todo! Debaixo de chicote!

O PSD devia secar os eucaliptos infil. que o secam 21.04.2017

O PSD esta acabado,deu-nos a geringonça foi a sorte dos Portugueses,e foi bom governo na altura certa,se a direita continua-se no poder o que seria este Portugal hoje,ex.votante PSD vou votar geringonça são sérios

ver mais comentários
pub