Política Ministério Público já estava a investigar Tancos, mas não fez nada

Ministério Público já estava a investigar Tancos, mas não fez nada

Há vários meses que o Ministério Público recebeu uma denúncia a avisar para a possibilidade de furtos. Chegou a abrir um processo, mas este acabaria por ficar na gaveta até o assalto de armas acabar mesmo por acontecer, revela a revista Sábado.
Ministério Público já estava a investigar Tancos, mas não fez nada
Força Aérea Portuguesa
Negócios 06 de julho de 2017 às 10:52

Antes de ser conhecido o furto de armas em Tancos, o Ministério Público tinha já em marcha a investigação de uma denúncia que alertava, precisamente, para a possibilidade de acontecer um furto de armas em larga escala em instalações das Forças Armadas, uma delas a de Tancos.

A notícia é avançada pela Sábado, na sua edição desta quinta-feira, 6 de Julho. Apesar de ter sido aberto inquérito e delineadas estratégias de investigação, estas acabariam por ficar no papel e sem qualquer efeito prático no terreno,  escreve a revista.          

A PGR já confirmou, entretanto, que o processo do furto em Tancos foi transferido para o Departamento Central de Investigação e Acção Penal  visto integrar "uma realidade mais vasta", devendo a investigação "prosseguir no âmbito de um inquérito com objecto mais vasto".

Em causa estão suspeitas da prática de crimes de associação criminosa, trafico de armas internacional e terrorismo internacional.  




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz 06.07.2017

NOTÍCIA POSTA A CIRCULAR PELOS JORNALEIROS AO SERVIÇO DA ESCUMALHA...!!!

VALE TUDO PARA SACUDIR A ÁGUA DO CAPOTE...

Atento! 06.07.2017

"Seus Tontos"...
Venham é a banhos comigo em PALMA DE MAIORCA!
É bem melhor que os abraços e beijinhos do (baboso) Marcelo...
Chi chi chi...

Anónimo 06.07.2017

O Ministério Público teve nas mãos as ratazanas, mas não acreditou que seria possivel. Mas agora já sabem lá chegar os investigadores, porque sabem onde estão as ratazanas escondidas a pensarem em 25 anos de Évora á espera.

Nahga 06.07.2017

Se procurarem bem quem fez parar a PGR foi o tal bruxo da Guiné

pub
pub
pub
pub