Política Ministro "também estava a fazer greve" se fosse trabalhador da PT

Ministro "também estava a fazer greve" se fosse trabalhador da PT

O Governo e o PS continuam a efectuar declarações hostis à Altice.
Ministro "também estava a fazer greve" se fosse trabalhador da PT
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 22 de julho de 2017 às 14:52

O ministro dos Negócios Estrangeiros, que é o número dois do Governo de António Costa, entende a greve dos trabalhadores da Portugal Telecom, que decorreu na sexta-feira.

 

"Eu sou daqueles que entende muito bem o que está a ocorrer hoje na PT. Porque se eu fosse trabalhador da PT, se estivesse há 20 ou 30 anos e fosse agora colocado numa empresa subsidiária, mantendo os meus direitos apenas por um ano, se calhar, também estava a fazer greve e a manifestar-me", afirmou Augusto Santos Silva em entrevista à RTP3, ontem à noite.

 

Estas declarações surgem depois do primeiro-ministro ter efectuado várias críticas à Altice, que foram secundadas pelo líder da banca parlamentar do PS. Carlos César disse em entrevista ao Expresso estar preocupado e perplexo com a aquisição da Media Capital pela Altice.

 

Santos Silva diz que Governo está a fazer tudo para que a legislação seja cumprida. "A Autoridade para as Condições do Trabalho está a verificar se as práticas da gestão da mão-de-obra da atual gestão da PT estão em conformidade com a legislação portuguesa e europeia aplicável", notou.

 

Sobre a greve na Autoeuropa, que foi agendada para 30 de Agosto, o ministro dos Negócios Estrangeiros mostrou-se confiante num acordo. 

"Quanto à Autoeuropa, o que está a acontecer é daqueles processos de negociação que têm feito da Autoeuropa uma das maiores empresas portuguesas e europeias do ponto de vista prática da contratação coletiva e de relações industriais", sublinhou o governante na entrevista à RTP3. 




A sua opinião14
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Grande Socretino Há 3 semanas

Alem dos estados de alma sobre coisas que não lhe dizem respeito , este ministro SOCRETINO é do mais incompetente que há : o caso do embaixador iraquiano, o caso da venezuela, o caso da RTP e da Guiná, o caso de angola e da SIC, a retirada de crianças a portugueses no UK, a feira de gado . . .

Para isto já tem tempo Há 3 semanas

Este socretino não tem tempo para ir ao conselho de ministros Europeu onde se trata de assuntos como a Venezuela e outros com o interesse nacional MAS TEM TEMPO PARA ANDAR NA BAIXA PROPAGANDA POLITICA PARTIDÁRIA E A DAR ENTREVISTAS COMBINADAS SEM CONTRADITÓRIO E A FALAR DE ESTADOS DE ALMA !

Anónimo Há 3 semanas

Chamem o Pires de Lima para explicar o apoio incondicional que deu a Altice. Agora está na TVI. Ainda vai a presidente, nomeado pela Altice. Tenham vergonha. Respeitem os direitos dos trabalhadores. E quem não percebe do assunto, cale se. Não tem filhos e nem familia. Não sabe quanto custa.

Anónimo Há 3 semanas

Ele disse " ..." mas na verdade julgo que estava a pensar: " também estava preso se houvesse justiça(tipo USA) aqui em Portugal".

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub