Conjuntura Montepio melhora previsões para a economia portuguesa

Montepio melhora previsões para a economia portuguesa

Os dados relativos à produção industrial e às vendas a retalho, divulgados na semana passada, levaram o Montepio a ficar mais optimista com a evolução do PIB no final do ano passado.
Montepio melhora previsões para a economia portuguesa
As exportações terão continuado a suportar o crescimento da economia portuguesa
Bruno Simão
Nuno Carregueiro 06 de fevereiro de 2017 às 15:30

O produto interno bruto (PIB) de Portugal terá crescido entre 0,2% e 0,4% no quarto trimestre deste ano, face ao mesmo período do ano passado. A estimativa é do Montepio e representa uma melhoria de 0,15 pontos percentuais face à anterior previsão.

 

No relatório semanal, publicado esta segunda-feira, 6 de Fevereiro, o Montepio justifica esta revisão com os dados mais recentes que foram divulgados sobre a actividade retalhista e industrial para o quarto trimestre de 2016.

 

Estes dois indicadores "revelaram leituras distintas (descida no primeiro caso e subida no segundo), mas com o desempenho acima do esperado da produção industrial a levar-nos a rever, ligeiramente em alta, a nossa estimativa de crescimento em cadeia do PIB nesse trimestre", refere o Montepio.

 

O Departamento de Estudos do Montepio estima que a economia portuguesa terá sido suportada no quarto trimestre pela "procura interna, em concreto pelo consumo privado e pelo investimento em capital fixo (FBCF), mas também pelas exportações líquidas, que deverão ter apresentado também um contributo ligeiramente positivo".

 

As vendas a retalho apresentaram um decréscimo de 1,1% no quarto trimestre, após terem registado uma forte subida de 2,6% nos três meses anteriores. Já a produção industrial registou um acréscimo de 0,9% no quarto trimestre, o que compara com a queda de 1,1% no terceiro trimestre.

 

A mesma fonte sustenta que o indicador de sentimento económico (ESI) iniciou o 1.º trimestre de 2017 com uma nova subida, renovando níveis máximos desde Janeiro de 2008 e "encontrando-se em níveis consistentes com crescimentos económicos superiores aos por nós admitidos para o quarto trimestre de 2016 e primeiro trimestre de 2017".

 

O ESI aponta para crescimentos do PIB, em cadeia, de 0,9% no quarto trimestre de 2016 e no primeiro trimestre de 2017. Para o primeiro trimestre o indicador do Montepio aponta para um crescimento do PIB entre 0,2% e 0,4%.

 

O INE vai revelar a primeira estimativa para o crescimento do PIB no quarto trimestre a 14 de Fevereiro. O Presidente da República já sinalizou que as notícias são positivas.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado joaoaviador Há 2 semanas

Portugal anda atrasado mas estes tipos abusam!

comentários mais recentes
joaoaviador Há 2 semanas

Portugal anda atrasado mas estes tipos abusam!

pub
pub
pub
pub