União Europeia "Não se vão arrepender", diz Tsipras ao apelar ao investimento na Grécia

"Não se vão arrepender", diz Tsipras ao apelar ao investimento na Grécia

O líder do governo de Atenas prometeu combater a burocracia, baixar impostos para as empresas e ouvir as preocupações dos empresários, durante a visita de uma comitiva francesa liderada por Emmanuel Macron.
"Não se vão arrepender", diz Tsipras ao apelar ao investimento na Grécia
Reuters
Negócios com Reuters 08 de setembro de 2017 às 14:48
O primeiro-ministro grego desafiou esta sexta-feira, 8 de Setembro, os empresários franceses a investirem na República Helénica, garantindo-lhes que não se "arrependerão" dessa opção.

"A Grécia é uma oportunidade (…) uma verdadeira oportunidade," afirmou Alexis Tsipras, que desde Janeiro de 2015 preside ao Governo de Atenas à frente do partido de extrema-esquerda Syriza. "Não se vão arrepender da escolha," acrescentou citado pela Reuters.

As declarações do governante, que considerou uma prioridade a atracção de investimento estrangeiro numa altura em que o país atravessa o terceiro programa de resgate, foram feitas perante líderes de empresas francesas, que visitam durante dois dias o país na comitiva do presidente Emmanuel Macron.

"Em algumas ocasiões, a Grécia foi forçada a escolher investimentos não europeus porque os investidores da Europa já não estavam cá. Não estou contente com essa situação," afirmou o presidente francês, que apelou igualmente ao investimento em terras helénicas: "Eu quero que os europeus, tal como todo o mundo, venham investir na Grécia."

O primeiro-ministro grego prometeu reduzir a burocracia no país e descer o IRC para 26% (em três pontos percentuais) em 2020, esperando que a economia cresça mais de 2% este ano. "Estamos prontos a continuar com as reformas. Queremos ouvir as vossas preocupações," afirmou.



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Domingos Há 1 semana

Espectáculo, a extrema-esquerda a apelar ao investimento estrangeiro, ao "grande capital"!!

General Ciresp Há 1 semana

Ou esta a ser cobarde ao enganar os tsipros com a baixa de impostos para quem mais tem,ou esta a ser falso iludir o investimento estrangeiro.Olha ai um imposto verofacas como nos o imposto mortagua ministra das financas do laio encharcado louca.Vira a direita,quando ela marreta na esquerda radical.

Esquerda =Lixo Há 1 semana

Atenuar os impostos ao GRANDE CAPITAL???
Ai se a catarina martins e o js ouvem isto. Que irá dizer ? NADA, porque é uma cobarde que só aparece quando interessa. LIXO!
E quem vota neles é burro.

Anónimo Há 1 semana

Ao invés por cá já falam é em subir. Há-de ter um triste fim este país. Voltamos para o fim da Europa num instante.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub