Américas Nicolás Maduro anuncia aumento de 40% no salário mínimo

Nicolás Maduro anuncia aumento de 40% no salário mínimo

"Vou assinar um aumento de 40% do rendimento mínimo legal dos trabalhadores", que ronda actualmente os 140 dólares mensais (cerca de 128 euros), afirmou o presidente venezuelano.
Nicolás Maduro anuncia aumento de 40% no salário mínimo
Reuters
Lusa 27 de Outubro de 2016 às 19:39
O chefe de Estado da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou hoje um aumento de 40% no salário mínimo, na véspera de uma greve geral convocada pela oposição, a pedir que deixe a Presidência do país.

"Vou assinar um aumento de 40% do rendimento mínimo legal dos trabalhadores", que ronda actualmente os 140 dólares mensais (cerca de 128 euros), afirmou Nicolás Maduro.

O aumento será, no entanto, mínimo devido à alta inflação no país.

Com a queda do preço do petróleo, de onde provém 96% dos seus rendimentos, a Venezuela está a viver uma das piores crises económicas da sua história, com a inflação a atingir este ano 475%.

O Fundo Monetário Internacional prevê que atinja os 1.660%, em 2017.

Na quarta-feira, a oposição convocou uma greve geral para sexta-feira, depois da suspensão, pelo Conselho Nacional Eleitoral, de um processo de referendo revogatório.

A oposição exige a saída de Nicolás Maduro, eleito em 2013, cujo mandato expira em 2019, por o considerar responsável pela crise económica que o país atravessa.

Em maio, o Presidente venezuelano já tinha anunciado um aumento de 30% do salário mínimo.



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado jupiter20001 Há 1 semana

Este fantástico aumento de rendimento socialista vai dar para comprar mais uma chiclete por mês... A pátria Portuguesa para lá caminha, a passos largos...

comentários mais recentes
MNLSLB10 Há 1 semana

É com muita tristeza que assisto à degradação deste país que acolheu muitos portugueses. A ditadura do camionista Maduro, à sombra de um governo socialista, o qual diz que ouve a população é muito triste!

Gatunos Há 1 semana

Com uma inflação de 475% , o tal aumento de 40% do salario mínimo é comido pela inflação ao fim de um mes, mas mais de 1600% de inflação para 2017 vai fazer com que o papel higiénico tenha mais valor que o bolivar, infelizmente Portugal está a caminho de ser a Venezuela da zona euro.

jupiter20001 Há 1 semana

Este fantástico aumento de rendimento socialista vai dar para comprar mais uma chiclete por mês... A pátria Portuguesa para lá caminha, a passos largos...

Anónimo Há 1 semana

Para os fãs do Maduro, informo que o salario minimo de Venezuela é +/- 15000 bolivares, e o que uma familia necessita para se alimentar 1 (um) só dia é de +/- 14000Bolivares, se se levantar às 5 da manhã para fazer fila no supermecado, fica para se alimentar 1000bolivares para os restantes 29 dias.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub