Europa Nova proposta de reforma do euro marca arranque de Centeno
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Nova proposta de reforma do euro marca arranque de Centeno

Eurogrupo tem na agenda alguns dos temas que marcarão o debate político dos próximos meses, onde se incluem a Grécia e a reforma da Zona Euro. Para este último podem contar com uma proposta de 14 economistas franceses e alemães publicada na semana passada.
Nova proposta de reforma do euro marca arranque de Centeno
Reuters
Rui Peres Jorge 21 de janeiro de 2018 às 23:00

Mário Centeno já afirmou que um dos seus planos é contribuir para estimular e melhorar o debate informado dentro do Eurogrupo, para dessa forma melhorar a decisão política em Bruxelas. No que diz respeito à reforma )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 dia

Portugal é uma economia que se foca exageradamente no sindicalismo e esquece por completo a boa gestão de recursos humanos, que teria que estar associada a um mercado laboral flexível, a um mercado de capitais forte e dinâmico, e a um Estado Social equilibrado e eficaz. Por isso tem vivido de resgate em resgate, fundo europeu em fundo europeu e com polícias, bombeiros, hospitais e escolas mal equipadas, cheias de infraestruturas decrepitas e material obsoleto dignos de países do Terceiro Mundo ou de há 40 anos atrás. Temos assim um país cada vez mais selvagem e barato, no pior sentido dos termos.

comentários mais recentes
Anónimo Há 22 horas

Como disse Angela Merkel:

"A atribuição da presidência do Eurogrupo a Centeno simboliza o sucesso da recuperação da economia portuguesa, introduzindo uma nova visão alternativa de desenvolvimento para toda a Europa"

Anónimo Há 1 dia

Já encheste o papo. Agora os que cá ficam que se lixem com as tuas políticas que não vão ao encontro da solução para os inúmeros e excepcionalmente graves problemas de sustentabilidade do Estado e de competitividade da economia portuguesa, e que antes pelo contrário, os agravam destruindo a capacidade para em Portugal se criar valor no mundo globalizado e tecnologicamente avançado da actualidade.

Anónimo Há 1 dia

Portugal é uma economia que se foca exageradamente no sindicalismo e esquece por completo a boa gestão de recursos humanos, que teria que estar associada a um mercado laboral flexível, a um mercado de capitais forte e dinâmico, e a um Estado Social equilibrado e eficaz. Por isso tem vivido de resgate em resgate, fundo europeu em fundo europeu e com polícias, bombeiros, hospitais e escolas mal equipadas, cheias de infraestruturas decrepitas e material obsoleto dignos de países do Terceiro Mundo ou de há 40 anos atrás. Temos assim um país cada vez mais selvagem e barato, no pior sentido dos termos.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub