Economia Novos acordos e mais cooperação transfronteiriça no final dos trabalhos da Cimeira Ibérica  

Novos acordos e mais cooperação transfronteiriça no final dos trabalhos da Cimeira Ibérica  

A 29.ª cimeira bilateral entre Portugal e Espanha termina hoje, em Vila Real, e serão assinados vários acordos entre os dois países, no que pretende ser um reforço da cooperação transfronteiriça em áreas como energia, infra-estruturas e ambiente.
Novos acordos e mais cooperação transfronteiriça no final dos trabalhos da Cimeira Ibérica  
Reuters
Lusa 30 de maio de 2017 às 07:43

As delegações de ambos os países, lideradas pelos chefes dos respectivos governos, reúnem-se no palácio de Amarante de Vila Real, começando o dia com um encontro empresarial e intervenções dos primeiros-ministros de Portugal e Espanha, respectivamente António Costa e Mariano Rajoy.

 

Na Praça do Município decorrerão também cerimónias militares, onde estarão presentes os três ramos das Forças Armadas.

 

Depois, as comitivas partem para a Casa de Mateus, onde decorrerá a reunião plenária dos governantes, estando agendada para o final da manhã uma conferência de imprensa final e o encerramento da 29.ª cimeira ibérica.

 

O 'Brexit', um debate sobre o futuro da União Europeia (UE), com especial atenção ao reforço da União Económica e Monetária e o reforço da dimensão social da UE são temas que integram a agenda dos governantes, para além da cooperação transfronteiriça, eixo central do debate nos dois dias.

 

Na segunda-feira, os chefes dos governos de Portugal e Espanha desceram o rio Douro, dando início à 29.ª cimeira bilateral entre os dois países, que começou em Espanha.

 

"Descemos o Douro na cimeira bilateral. Atravessámos juntos a fronteira, símbolo de proximidade e comunhão de interesses, valores e cultura", escreveu o primeiro-ministro de Portugal, António Costa, no Twitter.

 

Sem terem prestado declarações aos jornalistas ao longo do dia, a rede social foi o meio utilizado pelos chefes dos executivos de Portugal e Espanha para comunicar.

 

Também o primeiro-ministro espanhol, Mariano Rajoy disse no Twitter que o encontro de dois dias servirá para Espanha e Portugal reforçarem a sua "cooperação transfronteiriça e o compromisso com o projecto europeu".

 

As cimeiras ibéricas são reuniões anuais bilaterais lideradas pelo chefe do Governo de Espanha e pelo primeiro-ministro de Portugal e nas quais se discutem questões de interesse para ambos os executivos e projectos de cooperação entre os dois países.

 

Esta é a primeira reunião do género com António Costa como chefe do Governo de Portugal, já que em 2016 não decorreu a cimeira devido à conjuntura política de Espanha, na altura com um executivo de gestão.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub
pub
pub
pub