Economia Novos estágios profissionais entram hoje em vigor (act)

Novos estágios profissionais entram hoje em vigor (act)

Foi ontem publicada a portaria que regula os novos estágios profissionais, que são comparticipados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional. Conheça as condições
Catarina Almeida Pereira 01 de agosto de 2012 às 16:46
A portaria que regula os quatro novos estágios profissionais "Passaporte Emprego", financiados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional, foi ontem publicada em Diário da República e entra hoje em vigor.

Os estágios têm a duração de seis meses e estão limitados às regiões Norte, Centro, Alentejo e algarve.

No caso da medida Passaporte Emprego, que é a que se espera que seja mais abrangente, o IEFP financia integralmente a bolsa do primeiro estagiário em entidades com dez trabalhadores ou menos e em 70% no caso do segundo estagiário, ou no caso de entidades com mais de dez trabalhadores.

As entidades do sector da Economia Social têm direito à comparticipação integral da bolsa.

A entidade promotora tem ainda que proporcionar formação profissional, com uma carga horária mínima de 50 horas.

A bolsa mensal é equivalente a 1,65 IAS (691,7 euros) para estagiários com ensino superior completo, a 1,25 IAS (524 euros) para estagiário com ensino secundário ou pós-secundário completo e a 419,22 euros para estagiário que não tenha o ensino secundário completo.

À entidade promotora cabe o pagamento do subsídio de alimentação por cada dia de estágio, um seguro de acidentes de trabalho e, caso não assegure o transporte, o pagamento do mesmo, ou um subsídio de 42 euros por mês.

A entidade empregadora que contratar o estagiário sem termo (ou seja, para o quadro) tem direito a receber adicionalmente do valor da bolsa mensal, multiplicado por seis. Este "prémio" é pago em três prestações, ao longo de três anos.

Há no entanto condições específicas para os programas sectoriais. Além do Passaporte Emprego, também entram em vigor os programas para a Economia Social, a Agricultura ou as associações e federações Juvenis. Os detalhes podem ser consultados aqui

A portaria entra hoje em vigor e vigora durante os próximos 18 meses, contados a partir de dia 6 de Junho de 2012.

Quando a medida foi aprovada em Conselho de Ministros, o Governo afirmou que espera que o Passaporte Emprego chegue a quase 20 mil pessoas.

Já os programas para a Economia Social, para a Agricultura e para as Associações e Federações Juvenis, que têm condições específicas, poderão chegar a 7 mil pessoas, 6 mil pessoas e 1.200 pessoas, respectivamente.

O regulamento da medida pode ser consultado aqui



A sua opinião12
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
ana Há 3 semanas

Gostaria de saber é quando os desempregados podem se candidatar?

oliveira 19.11.2012

Não querendo tapar o sol com a peneira, estes estagios debilita realmente os cofres portugueses, mas infelizmente essa é a unica maneira de o governo garantir que os jovens que acabaram suas formações entrem para o mercado de trabalho, estamos cansado de ver milhares de diplomas empoeirado nas paredes de quem jamais pois a mao na massa por assim dizer. o mercado é competitivo e a maiorias das empresas só querem profissionais de topo, e sem estagio é impossivel adquirir experiência.

Anónimo 01.08.2012

os melhores sao de intercâmbio em estágios profissionais no estrangeiro..

estes sao piores

Anónimo 01.08.2012

isto e porreiro se for como ha anos atras podem ir qualquer pais e empresa da europa!
tudo pago por bruxelas.

ver mais comentários
pub