Saúde Número de casos de legionella sobe para 24

Número de casos de legionella sobe para 24

O número de casos de doença dos legionários detectados no Hospital de São Francisco Xavier em Lisboa, desde o dia 31 de Outubro, subiu para 24, informou este domingo o Serviço Nacional de Saúde (SNS).
Número de casos de legionella sobe para 24
Sara Matos
Lusa 05 de novembro de 2017 às 12:54

"Foram diagnosticados, desde o passado dia 31 de Outubro, no Hospital de São Francisco Xavier, integrado no Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, 24 casos de doença dos legionários, confirmados laboratorialmente", indica o SNS numa nota publicada no seu website.


O último balanço, feito no sábado, dava conta de 19 doentes afectados pela legionella.

Do total, "23 doentes passaram pelo Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental", enquanto "um outro caso com ligação epidemiológica ao Hospital de São Francisco Xavier foi diagnosticado numa unidade de saúde privada", precisa o SNS.

 

Apenas um dos afectados já teve alta "e os restantes mantêm-se internados, dos quais dois em unidade de cuidados intensivos, três na urgência e 17 em enfermaria", adianta o SNS.

 

Hoje, o secretário de Estado da Saúde, Manuel Delgado, visitou o Hospital São Francisco Xavier para se inteirar do estado dos doentes e das medidas tomadas no âmbito das ocorrências da doença dos legionários.

 

Manuel Delgado reuniu-se com a directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e com a presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar de Lisboa Central, Rita Perez, de acordo com a mesma nota.

 

O SNS vinca que "a descontaminação da rede de águas foi iniciada na passada sexta-feira com choque térmico e choque químico, para assegurar a interrupção da transmissão da bactéria".

 

Foram depois recolhidas amostras em vários pontos dos circuitos de água do Hospital de São Francisco Xavier e "tomadas as medidas adequadas para interromper a possível fonte de transmissão", assegura.

 

Entretanto, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) começou a redireccionar para outras instituições hospitalares, temporariamente, os doentes mais graves que se destinariam à urgência do Hospital de São Francisco Xavier, aponta o SNS na sua página.

 

A doença dos legionários transmite-se através da inalação de aerossóis contaminados com a bactéria.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 2 semanas

O ESTUPOR DO COSTA BEM TINHA AVISADO QUE ÍA MORRER MAIS GENTE... QUEM MANDA ESTE ANIMAL PARA A CADEIA...???

Anónimo Há 2 semanas

Mais um resultado da política de cativações orçamentais nos serviços públicos. Ter o sol na eira e a chuva no nabal tem sido difícil.

General Ciresp Há 2 semanas

Como diz a cancao do festival vencedora: devagar,devagarinho,ou como diz o ditado:grao a grao vao as CATIVACOES do madrugador cativeiro mimico aritmetico com o ca...........lho.Se de 1 vez por todas a gerigonca vira Costa a f.publica e trata os problemas do pais,ganha respeito,de contrario e so bost

pub