Mundo Número de mortos nos atentados em Espanha subiu para quinze

Número de mortos nos atentados em Espanha subiu para quinze

O número de mortos nos atentados terroristas de Barcelona e Cambrils subiu para 15, anunciou hoje o ministro do Interior da Catalunha, Joaquim Forn, numa conferência de imprensa.
Número de mortos nos atentados em Espanha subiu para quinze
Reuters
Lusa 21 de agosto de 2017 às 12:53

Trata-se de um homem de 34 anos, de Vilagranca del Penedes, que foi encontrado morto apunhalado numa viatura que escapou ao controlo policial algumas horas depois do ataque em Barcelona e que reapareceu em Sant Just Desvern, próxima a capital da Catalunha.

 

A polícia ainda não divulgou pormenores da ligação desta morte com os ataques terroristas.

 

Na mesma conferência de imprensa participaram também responsáveis da polícia catalã que alertou que o suspeito dos atentados que está em fuga "é perigoso e pode estar armado".

 

O número anterior de mortos nos atentados de quinta-feira era de 14 pessoas, das quais 13 foram mortas no ataque da furgoneta em La Rambla, em Barcelona, e uma mulher que morreu em Cambrils, horas depois.

 

As autoridades espanholas já identificaram as 15 pessoas mortas nos atentados.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
islamófobo Há 2 dias

É o Alcorão que manda matar os não crentes. ( ver Alcorão , 8-12 e 47-4, e outros sutras). Por isso os terroristas são os únicos que cumprem o islão a sério. É por isso que qualquer muçulmano pode virar terrorista de um dia para o outro. Por isso devemos lutar contra o islão com todas as forças.

Anónimo Há 3 dias

Portugal é um país seguro. As Forças de Segurança amam a sua profissão e estão atentos de dia e de noite.

Anónimo Há 3 dias

A vingança contra os árabes não pode ser, com ferros mata com ferros deve morrer. Os árabes também são boas pessoas e merecem viver em paz.

Anónimo Há 3 dias

Gasta-se dinheiro em SEGURANÇA unicamente para os governos controlarem cidadãos atraves das policias uma vez que atentados apenas os descobrem quando estes aconteceram. Agora vêm com a conversa que temos que nos habituar. Para que queremos a SEGURANÇA? Não mais gastos para SEGURANÇA!

pub