Economia O percurso político de Mário Soares

O percurso político de Mário Soares

Mário Soares moldou, definitivamente, o século XX português. Veja as fotos que marcaram o seu percurso político.
Jorge Paula/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Eduardo Neves/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Correio da Manhã Salvador Ribeiro/Correio da Manhã Correio da Manhã Carlos Morgado/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Octávio Paiva/Correio da Manhã Octávio Paiva/Correio da Manhã Bruno Peres/Correio da Manhã Hermínio Clemente/Correio da Manhã Octávio Paiva/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Jorge Godinho Jorge Paula/Correio da Manhã Bruno Peres/Correio da Manhã Alexandra Silva/Cofina Media Rui Costa/Correio da Manhã Rui Costa/Correio da Manhã Hugo Correia/Correio da Manhã Marques Valentim/Correio da Manhã Marta Vitorino/Correio da Manhã Rui Costa/Correio da Manhã Marta Vitorino/Correio da Manhã Vítor Mota/Correio da Manhã  Jorge Paula/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Marta Vitorino/Correio da Manhã Sérgio Lemos/Correio da Manhã Tiago Sousa Dias/Correio da Manhã  Reuters Vítor Mota/Correio da Manhã Pedro Catarino/Correio da Manhã Sérgio Lemos/Correio da Manhã Pedro Garcia/Flash Sérgio Lemos/Correio da Manhã Jorge Paula/Correio da Manhã Pedro Elias/Negócios Pedro Elias/Negócios João Miguel Rodrigues/Correio da Manhã João Miguel Rodrigues/Correio da Manhã Pedro Catarino/Correio da Manhã
Negócios 07 de janeiro de 2017 às 16:04



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Judas Priest 08.01.2017

Depois de morrer, são todos bons. Este, . . . . nem por isso.

Nitrato de escarreta 08.01.2017

Não me digam agora que o sujeito morreu, que era boa pessoa. Não., não acredito.

JARANES 07.01.2017

Consciente de que á riqueza só se chega por empreendedorismo, com a concomitante assumpçao do risco de perda dos capitais próprios, ou através do poder ( do seu abuso ou exercício ilícito em proveito próprio), e que deter o poder é, também, controlar e mesmo dispor do poder de, de forma frontal ou sonegada chantagear quem empreendeu e teve, por mérito próprio, sucesso, este personagem desde cedo se apercebeu que, faltando-lhe a coragem de empreender e sobretudo de arriscar o que era seu, o melhor seria enveredar pela conquista do poder.
Porém, excluído pela forma de acesso ao poder institucionalizada no anterior regime (caracterizado pelo crivo da honestidade de Sua Ex.a o Sr. Prof. Dr. Oliveira Salazar, que afastava todos os que tinham a descrita visão do poder) o sujeito dedicou-se a lutar por alterar as regras de acesso, vendo na democracia o meio que melhor servia as suas potencialidades, baseadas na retórica e no ilusionismo.
E nisto iniciou uma escola que perdura.

JARANES 07.01.2017

Hoje poderá prestar as suas desculpas a Sua Ex.a o Senhor Presidente do Conselho, Sr. Prof. Dr. Antonio de Oliveira Salazar e saberá do bem ou mal fundado da sua laicidade.

ver mais comentários
pub