Negócios num minuto  O que os municípios decidiram sobre as taxas e IMI a aplicar em 2017?

O que os municípios decidiram sobre as taxas e IMI a aplicar em 2017?

Filomena Lança, do Negócios, explica qual a tendência das taxas de IMI em 2017, ano em que se vão realizar eleições autárquicas. Veja o vídeo.
A carregar o vídeo ...
Filomena Lança 12 de dezembro de 2016 às 14:25

A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo 12.12.2016


OS FP / CGA SÃO TODOS LADRÕES

O défice orçamental do OE 2017, é de 3016 milhões de Euros...

e o buraco anual das pensões dos FP / CGA em 2017, é de 4600 milhões de Euros.

CONCLUSÃO: SÓ EXISTE DÉFICE EM 2017, DEVIDO AO BURACO DA CGA!

comentários mais recentes
RioSado 12.12.2016

Pois é! há 3 dezenas de câmaras que aplicam a taxa máxima, porque tiveram de aderir ao "programa de apoio à economia local", situação onde se encontra a C.M. de Setúbal. Para os que não sabem, a adesão deu-se quando era ministra das finanças a Drª Manuela F. Leite do então governo de Durão Barroso. Foi dito na altura que a câmara faliu às mãos do presidente Mata Cáceres do PS. Mas já lá vão quantos anos? pois aí é que é espantoso que a gestão camarária tivesse passado para as mãos da CDU (os tais que estão sempre ao lado do povo) e até à presente data continue falida (falidíssima) e todos neste concelho tenhamos de pagar sempre a taxa máxima de IMI. Até parece que há uma aposta em manter sempre a falência, esturrando o dinheiro em obras muito duvidosas e desnecessárias, para que possam sempre cobrar o máximo. Mas querem saber o que é ainda mais espantoso? é que continuam a ganhar eleições com maiores maiorias ainda! Os setubalenses só podem mesmo ser masoquistas...

Anónimo 12.12.2016


OS FP / CGA SÃO TODOS LADRÕES

O défice orçamental do OE 2017, é de 3016 milhões de Euros...

e o buraco anual das pensões dos FP / CGA em 2017, é de 4600 milhões de Euros.

CONCLUSÃO: SÓ EXISTE DÉFICE EM 2017, DEVIDO AO BURACO DA CGA!

pub
pub
pub
pub