Negócios num minuto  O que significa este défice próximo de zero?

O que significa este défice próximo de zero?

O que significa este défice próximo de zero? O jornalista Nuno Aguiar explica que o bom resultado do défice nos primeiros nove meses de 2017 pode ser enganador, uma vez que se esperam pressões negativas nos últimos três meses do ano que deverão colocar o défice abaixo mas perto do objectivo do Governo.
A carregar o vídeo ...
Negócios 22 de dezembro de 2017 às 17:29



A sua opinião18
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Anónimo 23.12.2017

Dinamarca e o chamado Modelo Nórdico que permite maximizar a criação de valor e minimizar a extracção daquele. Um Estado de Bem-Estar Social que existe acima de tudo para criar um mercado laboral verdadeiramente flexível e um mercado de capitais forte e dinâmico: "Denmark has the highest share of top performing companies in the EU in 2017. According to our Investment Report 2017/2018 for Demark, the country’s companies are outstanding also in another respect - nine out of ten have invested over the last financial year, making them the most investment-active businesses in the EU. Find out more:" eibis.eib.org/eibis-2017#!/denmark

comentários mais recentes
Anónimo 25.12.2017

Com este défice próximo de zero? Pessoas incineradas nas vias públicas e dentro de suas casas, paióis assaltados, gente a morrer por causa de ter ido a um hospital público, e muito excedentário a consumir produtos importados e a crédito, desenfreadamente, como se não houvesse amanhã.

Tudo para aparecer com um défice baixo no 3º trim 23.12.2017

Este governo vive da propaganda enganosa. Não paga dividas para não gastar, é o caso dos livros que fiz que oferecia aos escolares mas que as livrarias ainda não receberam, algumas já com dificuldades económicas .Arrasta o pagamento aos lesados dos incêndios, passou o subsidio de natal para Dezembro

Anónimo 23.12.2017

Não há segredos para a situação portuguesa, grega ou até mesmo italiana, ainda que neste último caso em menor grau porque parte de Itália sabe criar legitimamente, e atrevo-me a dizer, com enorme brilhantismo, muito valor e acumulou muita riqueza ao longo das décadas graças a isso. Isto é tudo muito transparente e simples de entender. Ou fazem boa gestão de recursos humanos com natural e mais do que justificável recurso a despedimentos e acto contínuo investem em bens de capital, ou deixam os sindicatos entrar em cena com rédea solta e daqui a uns poucos anos, organizações públicas e privadas dessas economias onde foram detectados os maiores problemas, estão na bancarrota.

Anónimo 23.12.2017

Atentem num exemplo muito objectivo que nos chega da Dinamarca, economia escandinava onde existe ensino gratuito universal de inegável qualidade e os direitos adquiridos não se sobrepõem aos dos outros agentes económicos. "Universidade de Copenhaga despede 209 colaboradores, 255 rescindem voluntariamente" (Fevereiro de 2016) "University of Copenhagen fires 209 staff, 255 leave voluntarily" https://uniavisen.dk/en/university-of-copenhagen-fires-209-staff-255-leave-voluntarily/

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub