Economia Obama cobra meio milhão de euros para ir ao Porto

Obama cobra meio milhão de euros para ir ao Porto

O antigo presidente dos Estados Unidos vai estar no Porto a 6 de Julho para participar numa conferência sobre alterações climáticas.
Obama cobra meio milhão de euros para ir ao Porto
Reuters
Negócios 28 de abril de 2018 às 11:39

O antigo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deverá cobrar 500 mil euros pela sua participação na conferência "Climate Change Leadership Porto 2018", que se realizará na Invicta no próximo dia 6 de Julho, avança o semanário Expresso, na sua edição deste sábado, 28 de Abril.

 

Os custos da cimeira com a deslocação de Obama ascendem a um milhão de euros, de acordo com a mesma publicação.

 

O painel de oradores conta ainda com a política búlgara e antiga directora-geral da UNESCO Irina Bokova, Juan Verde, e Mohan Munasinghe, físico e economista do Sri Lanka que venceu, em 2007, o prémio Nobel da Paz, juntamente com o antigo vice-presidente dos Estados Unidos Al Gore.

 

Barack Obama deverá ficar no Porto durante apenas algumas horas e não deverá dar entrevistas.

 

De acordo com as informações que constam do site da conferência, que terá lugar no Coliseu do Porto, os convites serão limitados e exclusivos para os parceiros que fazem parte da iniciativa.




pub