Américas Obama impede novas extracções de petróleo e gás no Oceano Ártico

Obama impede novas extracções de petróleo e gás no Oceano Ártico

O Presidente norte-americano impediu, até 2022, o início de novas operações nos mares de Chukchi e de Beaufort no Norte do Alasca. A decisão pode ser invertida por Donald Trump, que chega à Casa Branca em Janeiro.
Obama impede novas extracções de petróleo e gás no Oceano Ártico
Paulo Zacarias Gomes 18 de Novembro de 2016 às 19:18

A Administração norte-americana impediu o início de novas operações para a extracção de petróleo e gás no Oceano Ártico no espaço de cinco anos.


A decisão, comunicada esta sexta-feira, vai contra a vontade das autoridades locais, mas acaba por responder às preocupações levantadas pelos ambientalistas, que alertam para os perigos que essa actividade pode ter no agravamento do aquecimento global e nos danos para a vida marinha.


Na prática, fica impedida a venda de novos direitos de extracção de petróleo e de gás nos mares de Chukchi e de Beaufort no Norte do Alasca, refere a Associated Press.


Contudo, trata-se de uma ordem que pode vir a ser invertida no espaço de meses, a partir do momento em que Donald Trump, o Presidente eleito, tomar posse do cargo na Casa Branca, em Janeiro.

O republicano eleito na semana passada prometeu alterar a política energética dos EUA, pondo em causa a aposta nas renováveis e privilegiando as energias fósseis para garantir a independência do país nesta matéria.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub