Conjuntura Onde vai estar o crescimento da economia em 2017?

Onde vai estar o crescimento da economia em 2017?

Com base nas projecções do FMI, veja que países poderão crescer em 2017. E em quais se aguarda uma retracção económica.
Onde vai estar o crescimento da economia em 2017?
Há pelo menos sete países que devem reduzir a produção de riqueza em 2017. De acordo com os dados mais recentes do FMI, são pelo menos sete os países que deverão ter queda nas suas economias.

O crescimento mundial deverá recuperar, segundo as previsões do FMI, para 3,4% em 2017, esperando que tenha fechado este ano com uma queda de 3,1%.


Há 41 países nos quais o FMI projecta um crescimento de pelo menos 5%. Mas a grande maioria estará numa evolução até esse nível de 5%. 

Portugal encontra-se no grupo que deverá crescer menos de 3%. 

No mapa pode ver as projecções de crescimento do FMI para 2017.




A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 3 semanas


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL

comentários mais recentes
geo@geopress.org Há 1 semana

É, na língua Galega nos dialetos português e espanhol, uma comunidade com 800 milhões de pessoas em 30 países, nos 5 continentes, que se vislumbra o crescimento da economia a partir de 2017. - Esta afirmação tem como base as projeções da Fundação Geolíngua, a partir do momento em que o Governo e a Imprensa Luso-afro-brasileira parar com o BOICOTE ao Projeto Geolíngua, no âmbito, desta, promover a União Iberófona - desde 1992, em Portugal. - E, a base para este crescimento passa pelo projeto Endoeconomia (ver no Google esta palavra) e, quando algum jornalista esmiuçar os comentários colocados na net, no âmbito de notícias sobre economia.

Ena pá, os Xuxxas são os mayores Há 3 semanas

É só crescer, crescer, . . . ui

Anónimo Há 3 semanas


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL

Anónimo Há 3 semanas

Júlia Correia o crescimento em 2015, segundo o INE, foi de 1,6%. Fica aqui esta pequena correção. Os Meus Cumprimentos.

ver mais comentários
pub