Mundo ONU: Candidatos derrotados dão parabéns a Guterres

ONU: Candidatos derrotados dão parabéns a Guterres

Vários dos 12 candidatos a secretário-geral da ONU ultrapassados hoje por António Guterres nas votações do Conselho de Segurança já deram os parabéns ao candidato e elogiaram a sua candidatura.
ONU: Candidatos derrotados dão parabéns a Guterres
Pedro Elias
Lusa 05 de Outubro de 2016 às 20:38

"Resultados agridoces hoje. Amargos: não é uma mulher. Doces: venceu o melhor homem na corrida. Parabéns, António Guterres. Estamos todos contigo", escreveu no Twitter a candidata da Costa Rica, Christiana Figueres, que desistira da corrida no mês passado.

 

Outra mulher, Helen Clark, lembrou que conhece António Guterres desde que ele era primeiro-ministro de Portugal e ela era primeira-ministra da Nova Zelândia, tendo trabalhado juntos na ONU nos últimos anos.

 

Kristalina Georgieva, que entrou na corrida apenas na semana passada, deu os parabéns ao português e desejou "a melhor das sortes na procura de uma agenda ambiciosa para a ONU."

 

Irina Bokova, que durante muito tempo foi tida como favorita, desejou "os mais sinceros parabéns" ao seu colega da ONU, onde dirige a UNESCO, e disse estar "mais do que confiante de que será um excelente secretário-geral."

 

Danilo Turk e Vuk Jeremic também recorreram ao Twitter para dar os parabéns a António Guterres.

 

"Parabéns a António Guterres ao tornar-se no próximo secretário-geral da ONU. Desejo-lhe o melhor na concretização das suas novas funções", escreveu Jeremic, o sérvio que chegou a estar em segundo lugar na corrida.

 

Depois da resolução com o nome de Guterres ser aprovada amanhã pelo Conselho de Segurança, o nome do português segue para aprovação na Assembleia Geral da ONU.

 

O novo secretário-geral da organização substitui Ban Ki-moon e entra em funções a 1 de Janeiro de 2017. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas


PS DEIXA MORRER UTENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO À FP:

- PS aumenta despesa com salários da FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz horário da FP para 35 horas;

- PS corta orçamento dos Hospitais Públicos.

pub
pub
pub
pub