Mundo ONU: Marcelo diz que resultado de Guterres é "excelente notícia para Portugal"

ONU: Marcelo diz que resultado de Guterres é "excelente notícia para Portugal"

O Presidente da República considerou "uma excelente notícia para Portugal" o acordo no Conselho de Segurança para propor António Guterres como próximo Secretário-geral das Nações Unidas, sublinhando que se trata da "vitória da competência e da transparência".
ONU: Marcelo diz que resultado de Guterres é "excelente notícia para Portugal"
Miguel Baltazar
Lusa 05 de Outubro de 2016 às 19:11

"É uma excelente notícia para as Nações Unidas, porque é o melhor candidato para o cargo, é uma excelente notícia para Portugal, porque é um português de enorme valor a ocupar o lugar mais importante da mais importante organização internacional", lê-se numa mensagem do chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, divulgada no 'site' da Presidência da República.

 

Sublinhando que se trata da uma "vitória da competência e da transparência" e também "uma vitória de um consenso nacional, Marcelo Rebelo de Sousa recorda ainda o encontro que teve com Guterres em Nova Iorque há duas semanas.

 

"Quando estive em Nova Iorque há duas semanas, juntamente com Jorge Sampaio, António Guterres e Augusto Santos Silva, pudemos demonstrar a unidade nacional em torno deste objectivo e deste candidato", refere o Presidente da República na mensagem.

 

Esta tarde, em declarações aos jornalistas à saída de uma visita a uma associação social em Lisboa, minutos depois de se saber que o antigo primeiro-ministro português António Guterres foi hoje indicado como secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) pelo Conselho de Segurança à Assembleia-geral, Marcelo Rebelo de Sousa realçou que foi aprovado o melhor.

 

"Aqui é o melhor a ser escolhido. E isso é muito bom para o mundo, para as Nações Unidas e para Portugal", vincou o chefe de Estado, adiantando que já tinha felicitado António Guterres pela eleição no Conselho de Segurança para secretário-geral das Nações Unidas.

 

O Conselho de Segurança anunciou hoje que o português é o "vencedor claro" da votação, recebendo 13 votos de encorajamento (em 15 votos), sem qualquer veto.

 

Este órgão, com poder de veto, deverá aprovar na quinta-feira uma resolução a indicar o nome de António Guterres para a Assembleia-Geral das Nações Unidas, formalizando assim a eleição do sucessor de Ban Ki-moon.

 

Guterres deverá assim liderar, a partir de Janeiro, uma casa que conhece bem, depois de ter chefiado o Alto-Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), entre Junho de 2005 e Dezembro de 2015, uma organização com cerca de 10.000 funcionários em 125 países.




A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 06.10.2016


PS DEIXA MORRER UTENTES DO SNS... PARA DAR MAIS DINHEIRO À FP:

- PS aumenta despesa com salários da FP em 500 milhões de Euros;

- PS reduz horário da FP para 35 horas;

- PS corta orçamento dos Hospitais Públicos.

Carlos Couto 06.10.2016

É UMA GRANDE NOTÍCIA ........ELE QUE DEIXE A SUBVENÇÃO VITALÍCIA ........não é mamar dois salários .....o contribuinte agradece ........alguns estão na A. da R. E SÃO DEPUTADOS É A vergonha desta classe .........

Carlos Silva 06.10.2016

Só se for por nos vermos livre dele... Ao menos valha-nos isso.

Camila Oliveira 06.10.2016

Essa nomeação serve para quê?o país vai ficar melhor?

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub