Política Operação Marquês não estará pronta antes do final do Verão

Operação Marquês não estará pronta antes do final do Verão

O inquérito-crime sobre suspeitas de corrupção do ex-primeiro-ministro José Sócrates já não deverá terminar antes do final de Setembro, segundo o Expresso.
Operação Marquês não estará pronta antes do final do Verão
Negócios 11 de julho de 2017 às 09:13

O inquérito-crime sobre suspeitas de corrupção do ex-primeiro-ministro José Sócrates já não deverá terminar antes do fim de Setembro, segundo o Expresso.

A 27 de Abril, a procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, determinou um calendário flexível, dando aos procuradores do Departamento Central de Investigação e Acção Penal (DCIAP) um prazo de 90 dias para concluírem a acusação a partir do momento em que recebam a última resposta às cartas enviadas às autoridades judiciais de outros países.

Mas até agora, segundo o Expresso, que cita constatações nos corredores do DCIAP, nem todas as cartas rogatórias tiveram resposta, estando ainda aberto um ou mais requerimentos remetidos ao Ministério Público da Suíça.

Nas cartas são feitos pedidos sobre movimentos bancários e financeiros relacionados com os arguidos.




A sua opinião9
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Operação Marquês não estará pronta antes do final do Verão

CONVÉM SER UM POUCO ANTES DAS ELEIÇÕES AUTÁRQUICAS, PARA ASSIM LIXAREM O COSTA.
ESTÁ TUDO PREVISTO!
VÃO BORD MERDE|

comentários mais recentes
Criador de Touros Há 1 semana

Desde o 25 de Abril houve três bancarrotas, todas de esquerda. Mas a esquerda continua apesar disso, porque os interesses são muitos. E os principais casos de corrupção foram todos de esquerda. A esquerda é uma praga em Portugal.

QUE BURROIDE !!! Há 1 semana

Este Criador de Touros é mesmo burroide !!!Interesses de comunistas,bloquistas e socialistas ?! Mas que tipo de interesses ?O que assistimos desde 1986 para cá são os barões do PSD a sacar em tudo o que é sítio.Fosse o nosso país a Alemanha, EUA ou Inglaterra, já poucos politicos existiriam no PSD !

Anónimo Há 1 semana

QUEM SÃO ESTES SENHORES DO PODER JUDICIAL?
ALGUEM VOTOU NELES?
NÃO TERÃO PODER A MAIS?

Criador de Touros Há 1 semana

Os políticos socialistas são os principais protagonistas desta famosa Operação Marquês sobre corrupção nos meios políticos e financeiros. Entretanto este governo esquerdista de socialistas apoiados por comunistas e comunistas bloquistas está paralisado, faz nada, não sabe que fazer, aconteceram as coisas graves que aconteceram e este presidente desta fraca república cruza os braços. Estes políticos que mandam são muito pindéricos. Ou são corruptos ou pindéricos. Portugal não tem sorte. Faz falta um Macron na política portuguesa. Para baralhar e dar de novo. A política em Portugal está viciada. Há muitos interesses muito antigos: de comunistas, de socialistas e de comunistas bloquistas. Estes interesses amarram Portugal.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub