Justiça Oracle convidou 11 quadros de entidades públicas para viagem aos EUA

Oracle convidou 11 quadros de entidades públicas para viagem aos EUA

A lista de convidados da Oracle para o evento anual da tecnológica nos EUA inclui 11 quadros de entidades públicas. Da lista constam dirigentes dos ministérios da Justiça, Economia e Administração Interna, segundo o Eco.
Oracle convidou 11 quadros de entidades públicas para viagem aos EUA
Reuters
Negócios 31 de agosto de 2017 às 10:37

A Oracle convidou 61 portugueses para participar no evento anual da tecnológica norte-americana, o Oracle Open World, em São Francisco, nos EUA. Do total de convidados, 11 são quadros de instituições públicas ou participadas pelo Estado, segundo o Eco.

Ermelinda Carrachás, secretária geral do Ministério da Economia, e José Moura, coordenador do Núcleo de Arquitetura de Serviços e Plataformas Partilhadas do Instituto de Gestão Financeira e Equipamentos da Justiça (IGFEJ), tutelado pelo Ministério da Justiça, são dois dos nomes que integram a lista que o site teve acesso, a qual não foi confirmada pela Oracle.

Teresa Evaristo, da Direcção Geral de Estatísticas da Educação e Ciências, também aparece na lista. Mas, ao contrário dos anteriores, a respectiva tutela nega a participação da responsável no evento da tecnológica.

Vítor Costa, dirigente do Ministério da Administração Interna, nomeadamente chefe de equipa multidisciplinar da Rede Nacional de Segurança Interna, foi outro dos convidados segundo o mesmo jornal online, que detalha ainda que a subsidiária portuguesa da Oracle já celebrou mais de 240 contratos com entidades públicas, com um valor superior a 22 milhões de euros.

A polémica das viagens pagas por diversas empresas a dirigentes públicos, entre as quais a Galp, Nos e Oracle, está a ser investigada pelo Ministério Público.

Na terça-feira, a Procuradoria-geral da República (PGR) revelou que recolheu elementos sobre as viagens pagas pela Nos a seis altos dirigentes da Saúde e das Finanças e "decidiu enviá-los ao Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP) de Lisboa com vista a investigação". Adicionalmente, está a "recolher elementos" sobre as viagens pagas pela Oracle a outros quadros do Estado.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Amanda 01.09.2017

Uma boa notícia faz a gente se sentir bem! FALE INGLÊS EM 8 SEMANAS...! Siga este método: (http://bit.ly/2sXQbcP), que possui uma técnica de aprendizagem ACELERADA, usada por grandes personalidades no exterior, mas que quase ninguém compartilha no Brasil! E, você estará FALANDO INGLÊS EM POUCOS DIAS

Anónimo 31.08.2017

Estao com medo de tocar na Microsoft por causa do bastiao socialista NOVABASE?

pub