Saúde Óscar Gaspar: "Não há motivo objectivo para acabar com as PPP"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Óscar Gaspar: "Não há motivo objectivo para acabar com as PPP"

O presidente da Associação Portuguesa de Hospitalização Privada defende que é útil para o Estado que haja uma gestão privada de hospitais públicos. Com as PPP, garante, houve poupanças de 13%.
Óscar Gaspar: "Não há motivo objectivo para acabar com as PPP"
Miguel Baltazar

O presidente da Associação Portuguesa da Hospitalização Privada, Óscar Gaspar, admite que as ARS (Administração Regional de Saúde) não contratualizam mais actos médicos anualmente,

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Camponio da beira Há 5 horas

Segundo já ouvi a alguns juristas, algumas PPP, são ilegais ou nulas, atendento a que foram assinadas por ambas as partes com o objectivo de prejudicar uma delas, neste caso o estado.

Anónimo Há 8 horas

Só por motivos de baixa política se podia dizer o contrário. A PPP de Braga, que frequento por motivos familiares, Ainda agora foi considerado o melhor Hospital do País e tãobem foi dito que gera poupanças ao Estado de milhões de euros. O que é que querem mais? Ladrões são os do BE!

Me engana que eu gosta. Há 10 horas

Mas e claro, que nao e bom para ti e teus Comparsas, que acabe a mama. Farto de Ladroes, e que estou eu. Quando um inutil destes vêm nos cantar estasa musiquinhas para boi dormir quer dizer, que as poucas vergonhas das PPP, so servem para encher o cageiro, a estes Porcos e Vermes,como este animal.

Gatunos Há 14 horas

PPPs , scuts, swaps e bancarrota dos bancos privados e públicos, representam cerca de 50% da divida publica, nesta nossa Republica de ladrões e corruptos, em que só é considerado um crime grave se roubarem pouco.
A corrupção, gestões danosa do Estado e das empresas publicas, trabalhadores em excesso na função publica, salários e pensões de reforma demasiado altos em relação à riqueza produzida em Portugal representam os outros 50% da divida publica.

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub