Orçamento do Estado PAN anuncia que vai abster-se na votação na generalidade do OE

PAN anuncia que vai abster-se na votação na generalidade do OE

Apesar de considerar que existem "bastantes pontos positivos"no Orçamento do Estado para 2017, o PAN revelou que se irá abster na votação na generalidade do documento. PAN lamenta desinvestimento na área do ambiente.
PAN anuncia que vai abster-se na votação na generalidade do OE
Bruno Simão
David Santiago 02 de Novembro de 2016 às 12:44
O PAN anunciou esta quarta-feira, 2 de Novembro, que o deputado eleito pelo partido nas legislativas do ano passado, André Silva, se irá abster na votação na generalidade do Orçamento do Estado para 2017, que está agendada para a próxima sexta-feira. 
 
Num documento enviado esta manhã às redacções, o PAN explica ter adoptado esta posição por considerar que são necessárias mais medidas "para as gerações futuras e para o ambiente".
 
Apesar de considerar que o documento apresentado pelo Governo contém "bastantes pontos positivos", como por exemplo o "esforço para dar continuidade à trajectória de reposição de rendimentos às famílias", o PAN "identificou falta de visão em várias áreas estruturais", como por exemplo o facto de se continuar a "privilegiar indústrias altamente poluentes".
 
O partido liderado por André Silva mostra-se especialmente "preocupado com o forte desinvestimento no ambiente com um corte de 10,5%, num montante de 178 milhões de euros".
 
"É incompreensível que um Orçamento de Estado em plena crise climática tenha um corte desta magnitude", pode ler-se no comunicado do partido em que é apontado o dedo à direita e à esquerda por, "no que toca a políticas ambientais e energéticas", insistirem em "posições imediatistas" e revelarem "uma incapacidade para políticas e compromissos de longo prazo".  
 
O partido diz esperar que o PS possa acolher as medidas propostas pelo PAN no Orçamento para o próximo ano, identificando em concreto a necessidade de "renovação gradual das frotas públicas de transportes pesados de passageiros e automóveis através da aquisição de veículos eléctricos", o apoio "aos municípios para construção ou requalificação de Centros de Recolha Oficial de Animais", ou ainda "o aumento da taxa de IVA aplicada aos produtos fitofarmacêuticos e fertilizantes".

Depois de o Bloco de Esquerda, o PCP e também "Os Verdes" já terem anunciado que irão votar favoravelmente o Orçamento do Estado na generalidade, antecipando-se os votos contra de PSD e CDS e o mais do que provável apoio dos deputados socialistas ao documento, ficam assim conhecidas as posições que todos os partidos com assento parlamentar irão adoptar esta sexta-feira, aquando da votação na generalidade. 
 
Em entrevista à TSF também emitida esta quarta-feira, André Silva antecipou que o PAN irá apresentar cerca de 40 propostas para debate na especialidade e fez um balanço muito positivo destes 12 meses de presença do partido no Parlamento.
 
Por fim, antecipando as autárquicas do próximo ano, André Silva apontou como objectivo apresentar candidaturas "na maior parte das capitais de distrito possível" – apresentando mais do que as 16 candidaturas de há três anos – e aumentar o número de deputados municipais.



A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 1 semana

Um governo de ladrões

TRABALHADOR DO PRIVADO, ROUBADO

- Governos de Direita: Sou roubado pelos patrões.

- Governos da Esquerda: Sou roubado pelos patrões e pelos FP - CGA.

CONCLUSÃO: Sou mais roubado com os governos… da Esquerda.

comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Não tem qq interesse a sua presença no parlamento. A ideia de defender os animais e o ambiente é uma maneira disfarçar certos interesses.

Anónimo Há 1 semana


COSTA LADRÃO, em ação (sempre a roubar os trabalhadores do privado).


Política do PS:

- Enriquecer a FP e seus pensionistas.

- Empobrecer os trabalhadores do privado e seus pensionistas.

Anónimo Há 1 semana

Um governo de ladrões

TRABALHADOR DO PRIVADO, ROUBADO

- Governos de Direita: Sou roubado pelos patrões.

- Governos da Esquerda: Sou roubado pelos patrões e pelos FP - CGA.

CONCLUSÃO: Sou mais roubado com os governos… da Esquerda.

pub
pub
pub
pub