Europa Parlamento europeu levanta a imunidade a Jean-Marie Le Pen

Parlamento europeu levanta a imunidade a Jean-Marie Le Pen

O Parlamento Europeu levanta a imunidade a Jean-Marie Le Pen. O levantamento permitirá que uma nova acusação de incitação ao ódio racial possa prosseguir.
Parlamento europeu levanta a imunidade a Jean-Marie Le Pen
Bloomberg
Negócios 25 de Outubro de 2016 às 14:35

O Parlamento Europeu decidiu nesta terça-feira, 25 de Outubro, levantar a imunidade de Jean-Marie Le Pen, fundador do partido de extrema-direita francês Frente Nacional. O pedido de levantamento surgiu na sequência de um processo em que Le Pen é acusado de incitar ao ódio racial num vídeo publicado no site do partido em 2014.

Le Pen, que goza de imunidade como  eurodeputado, tem sido repetidamente levado perante os tribunais por comentários racistas. Em Abril, foi multado por negação do Holocausto e por comentários ofensivos sobre os ciganos, em dois casos separados.

O caso mais recente diz respeito a comentários que fez em Junho de 2014. Num vídeo, que foi rapidamente removido do site da Frente Nacional, Le Pen era questionado sobre críticos proeminentes do partido, incluindo o cantor francês judaico Patrick Bruel, e respondia, rindo: "Para a próxima, vamos fazer uma carga para o forno". O comentário foi amplamente interpretado como uma alusão ao Holocausto, e mereceu a repreensão pública da sua filha e herdeira política, Marine Le Pen. 

A imunidade parlamentar "não fornece carta branca para calúnia, difamação, incitação ao ódio ou afirmações difamatórias", argumenta o Parlamento Europeu.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub