Política Partidos devem mais de 33 milhões de euros

Partidos devem mais de 33 milhões de euros

Os passivos dos seis partidos com assento parlamentar ultrapassaram os 33 milhões de euros no ano passado. O PS é o partido com a maior dívida. Os partidos devem na esmagadora maioria à banca, escreve o Correio da Manhã.
Partidos devem mais de 33 milhões de euros
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 09 de junho de 2017 às 10:56

Os partidos com assento parlamentar acumularam, no ano passado, um passivo superior a 33 milhões de euros, de acordo com as contas que enviaram à Entidade de Contas e Financiamentos Políticos e que são hoje noticiadas pelo Correio da Manhã. O maior buraco financeiro reside no Largo do Rato – no ano passado, o PS apresentou um passivo de 20,7 milhões de euros. Ainda assim, uma redução de 4% face ao ano anterior.

 

Logo a seguir vem o PSD, que apresentou um passivo de 8,4 milhões de euros (que caiu igualmente 4% face a 2015). O PCP apresentou dívidas a rondar os 3,3 milhões de euros, valor que traduz uma subida de 24% face a 2015. O CDS apresentou um passivo de 762 mil euros e o Bloco de Esquerda ficou-se pelos 158 mil euros. A maior fatia destas dívidas é aos bancos – no total são 19,8 milhões de euros, ou 60%.

 

O passivo do Partido Ecologista os Verdes ascendeu a 11 mil euros (face a 6,2 mil euros em 2015) e o do partido Pessoas-Animais-Natureza, representado pelo deputado André Silva, também se fixou em 11 mil euros, o que também representa uma subida face a 2015.

 

Em contrapartida, o PS conseguiu registar um resultado líquido positivo, tal como anunciara no início desta semana o responsável pelas contas do partido, Luís Patrão, ao Público: os socialistas tiveram um lucro de 255 mil euros. Um resultado que contrasta com o PSD, que somou um prejuízo de 1,8 milhões. O Bloco de Esquerda foi o outro partido a registar resultados positivos, de 257 mil euros.

 

O PCP apresentou um prejuízo de 248 mil euros. O CDS também, mas de 277 mil euros.




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
AAAA Há 1 semana

PENHOREM OS SALÁRIOS DOS DEPORTADOS!

Olha o Benfica deve Mais ? Há 1 semana

boa noticia.

Mr.Tuga Há 1 semana

Pois...
O espelho deste sitio atrasado e imbecilizado!
Se mesmo com a guita dos CONTRIBUINTES esta gentalha não se sabe governar, como podem gerir cá o BURGO !?!?!?!?!?!?!
Não admira que o sitio pobretanas esteja FALIDO e com divida impagável...

pub
pub
pub
pub